sexta-feira, 18 de maio de 2012

AS MARACUTAIAS DO MENSALÃO REPETIDAS NO CASO DA DELTA - OU: PETISTA NÃO TEM CRIATIVIDADE NEM PARA ROUBAR




Eu tenho falado muito da "Lista de Furnas", porém, acredito que muito pouca gente saiba o que é isso.






Link para a reportagem de veja sobre o assunto (link aqui)
Em 2006, com a explosão do caso do mensalão, chegou-se a pensar que o lula não se sustentaria e seria posto para fora do cargo, então o lulo-petismo tentou com essa manobra imunda, (mais uma) afastar o foco do principal articulador daquele esquema não menos imundo.
Ao contrário do que muitos pensam, zé dirceu não era o líder da quadrilha, o líder era o próprio luis inácio lula da silva, e, caso as investigações fossem aprofundadas isso seria constatado e provado.
O processo referente a " Lista de Furnas" corre em segredo de justiça em virtude de, até hoje discutir-se se existiu ou não o mensalão, que seria a causa da confecção dela, assim sendo, a partir do momento em que o STF reconheça a existência dele, condenando ou não seus acusados, este outro processo terá que ser julgado, e aí a coisa pode estourar para os lados do lula.
Esta CPI do Cachoeira, a meu ver é uma outra "lista de Furnas", e tem finalidade idêntica, afastar lula de mais uma cena de crime, e eu explico porque:
Quando a PGR não considerou os dados da Operação Vegas suficientes para sustentar uma acusação, o fez coberto de razão, pois, existiam os envolvidos e um volume financeiro muito superior a capacidade do grupo do Cachoeira, desta forma, era preciso mapear o origem do dinheiro. Suspeitava-se do envolvimento da Delta, porém ela aparecia apenas perifericamente, e, na operação que se seguiu, a Monte Carlo, que se descobriu que a Delta Construções era o foco financeiro que alimentava o esquema.
Ao saber disso, lula decidiu fazer uma "Lista de Furnas" em forma de CPI,e, acredito eu, os detalhes foram ultimados na conversa para lá de suspeita que lula e marcio thomas bastos tiveram no dia 8 de março, no hospital Sírio Libanês, onde lula ainda se restabelecia de uma pneumonia, e suas visitas estavam proibidas.
Coincidentemente, márcio thomas bastos aparece defendendo o que será, sem dúvida, o bode expiatória que vai livrar lula, o pt, cabral, delta, cavendish e outros lixos deste esquema sinistro de assalto aos cofres públicos, e incriminar alguns opositores, e eventualmente, alguns aliados (e aí eu aposto no agnelo), como no mensalão o zé dirceu teve que ser sacrificado.
Comparem os cenários e me digam se não é o mesmo ...