quinta-feira, 19 de abril de 2012

JA FOMOS FISCAIS DO SARNEY, AGORA QUEREM QUE SEJAMOS DA DILMA

Consumidor deve fiscalizar juros de bancos, diz Miriam - Economia - Notícia - VEJA.com

Decididamente estamos andando em círculos em cima do precipício.
Quando fomos "fiscais do sarney" a DEMOCRACIA E O ESTADO DEMOCRÁTICO de direito nos bafejava, e hoje, quando o ESTADO DE EXCEÇÃO E UMA DITADURA COMUNISTA nos bafeja, nos pedem para sermos fiscais do lulo-petismo.

Já escrevi e volto a escrever, reduzir as taxas de juros, via redução de spred ou qualquer outra medida é de arbítrio do mercado financeiro, ao governo, cabe administrar com seriedade e honestidade as suas receitas, a fim de que não necessite tomar dinheiro no mercado, coisa que o lulo-petismo não tem feito e nem tem mais como fazer, por estar afundado demais na lama da corrupção.

Que o governo ordene que a CEF baixe seus juros é aceitável e até louvável, mas, nem ao banco do Brasil cabe tal imposição, pois o Banco do Brasil não é uma empresa governamental, é ele é dos acionistas, e o governo não pode passar por cima deles e fazer o que lhe dá na telha, quanto mais exigir de outros bancos, de capital totalmente privado o cumprimento de determinações que não lhes interessam.

A fiscalização dos bancos, aliás de todo o sistema financeiro cabe ao Banco Central, ao contribuinte cabe decidir se lhe interessa tomar dinheiro pela taxa ofertada.

LULA E BILL CLINTON - TÃO IGUAIS E TÃO DIFERENTES

A passagem da ex-primeira dama e hoje Secretária de Estado dos Estados Unidos da América, pelo Brasil me fez lembrar de duas pessoas com histórias semelhantes e ao mesmo tempo tão diferentes: o seu marido, Bill Clinton e luis inácio lula da silva, ambos ex-presidentes.

O Democrata Bill Clinton, a exemplo de lula no Brasil, por duas vezes ocupou a presidência americana, e nesses oito anos, entre outras coisas, consertou, na medida do possível, a economia do seu país, então combalida em função de várias guerras em que seu antecessor, George Bush, (pai) envolvera o país.

Como recompensa pela sua real busca pela concordância, ganhou o cobiçado prêmio Nobel da Paz pela façanha de conseguir conciliar inimigos tidos como irreconciliáveis como Egito e Israel e aproximar Yasser Arafat de Menachem Begin.
Deixou a presidência depois de dois mandatos sem que pesasse sobre ele acusação alguma de ter-se apropriado ou feito mau uso do dinheiro público.

Ironicamente, este homem de bem é lembrado na imprensa brasileira, por dois episódios que nada têm a ver com a sua obra como presidente americano, um, quando ainda em campanha, ao ser perguntado se havia fumado maconha na universidade, deu uma resposta no mínimo ridícula: “fumei, mas não traguei”, e pelo seu envolvimento com uma estagiária louca por sexo e fama, que, creio eu, “fumou e tragou”, em alguns “consertos de sexofone” no Salão Oval da Casa Branca.

O seu colega brasileiro, luis inácio lula da silva também ficou oito anos no governo, e nesses anos todos só fez usufruir e dilapidar a economia estruturada, obras e planos que herdou do seu antecessor, FHC, mas, o pela mesquinhes do seu caráter, apropriou-se delas e durante todo o seu governo só fez amaldiçoar a a herança recebida.

Deixou o governo estando o seu partido, seus familiares e ele próprio cercado de denúncias de corrupção e desmandos, isso desde o princípio dele, com episódios como o mensalão, que envolveu o pt e a ele mesmo, o inexplicado pagamento de cinco milhões de reais que uma das empresas de daniel dantas fez ao seu filho, por parte de uma empresa que no seu todo não valia quinhentos reais, e a utilização indevida que a sua mulher e seus familiares fizeram de aviões da FAB e cartões corporativos para custosos tratamentos estéticos e compras, aqui e no exterior… isso para escrever o mínimo.

Como parte de seus planos de poder, esse presidente estimulou dissenções sociais internas, protegeu ou tentou proteger, ditadores sanguinários como muamar kadafi, bashar assad e outros mais, e ainda teve a bárbara cara de pau de julgar-se merecedor de um Nobel da paz.

Pois bem, um presidente com tantos “predicados” é festejado pela imprensa brasileira como o “melhor presidente que o Brasil já teve”.

Realmente … vivemos em um mundo estranho; um mundo em que alguns “baseados fumados nos tempos de universidade, (quem não fumou?) e uns rápidos boquetes na Casa Branca invalidam a obra de um homem, enquanto que, todo um conjunto de crimes absurdos praticados por outro não são suficientes para coloca-lo na cadeia …
Plagiando Raul Seixas … PARA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER !!!



terça-feira, 17 de abril de 2012

CRISTINA KIRCHNER; ESQUIZOFRÊNICA, CLEPTOMANÍACA E PRESIDENTE DA ARGENTINA


Esta senhora, com comportamento, linguajar, trajes e trejeitos de vivandeira do Puerto Madero, outra não é, senão a presidente da Argentina.


A Argentina, como outros outros países da América do Sul, especialmente o Brasil, vem sendo e explorada por seus governantes  corruptos há décadas, e essa exploração aprofundou-se com a administração incompetente do "casal Kirchner", estando atualmente a beira de um colapso.


A inevitabilidade desse colapso se percebe nas últimas manobras que o  governo portenho tem efetuado para mascará-lo; primeiro retornando a baila o recorrente assunto da soberania argentina sobre as 'Ilhas Falklands", que "nuestros hermanos", teimosamente insistem em chamar Malvinas, e, ao ver-se frustrada no seu plano de conseguir apoio do Governo Americano para tal empreitada, essa tresloucada senhora retornou ao seu país com o firme propósito de roubar algo de algum país.


Como a natureza não a dotou de "cujones", e, o que ela tem de louca não tem de imbecil, absteve-se de tentar reaver o arquipélago a força, temendo outra inevitável surra dos ingleses, mas, copiando o que o índio cocalero Evo Morales fez com o lula, resolveu tomar na "mão grande" investimentos que  países como Espanha e Holanda possuem na Argentina. 


Sob as mais diversas e esfarrapadas alegações ela nacionalizou a YPF, petroleira espanhola e a Bunge, gigante holandesa do setor de alimentos, especialmente trigo e soja.


A Argentina já viu esse filme antes; durante um dos governos militares, apos o assassinato de um dos seus executivos, a Ford deixou o país, e junto com ela um enorme número de empresas estrangeiras, levando o povo argentino a uma crise sem precedentes devido a desindustrialização que se seguiu. 


Não faz muito tempo, os raros carros argentinos que circulavam no Brasil eram modelos com mais de 20 anos, e isso era consequência de uma violência tão grande como esta ora cometida pela atual governante, sendo que o intuito dessas medidas que certamente levarão a Argentina a uma nova desindustrialização, e, consequentemente a explosão do desemprego que já não é pequeno, é mascarar uma crise econômica sem precedentes, que a administração equivocada e incompetente do casal Kirchner conseguiu provocar.


Que o povo brasileiro fique atento para as consequências das atitudes dessa governante, pois, com as atitudes que governo lulo-petista tem tomado, quebrando contratos e ameaçando a segurança jurídica é grande o risco de termos no curto ou médio prazo uma situação semelhante, porém, muito mais difícil de ser resolvida pelas características de um e de outro país.


A Argentina conta hoje com pouco mais de quarenta milhões de habitantes, sendo que metade disso vive na Grande Buenos Aires, enquanto que nos, temos uma população de quase duzentos milhões de habitantes espalhados por um país de dimensões continentais.
A Argentina conta com quase 100% de sua população alfabetizada, formal e politicamente, enquanto que o Brasil tem índice  de analfabetismo formal de 50% e de analfabetismo  político de 99%..


A similaridade dos momentos brasileiro e argentino é muito grande: temos uma mandatária semelhante na obtusidade, um processo de desindustrialização acelerado que o governo tenta mascarar, uma pressão inflacionária caminhando para o descontrole, um desemprego crescente e mal escondido, o endividamento de todas as classes já indicando O CAOS que se avizinha ...


E NOS NÃO TEMOS AS MALVINAS PARA INVADIR

























LULA, LULO-PETISMO, MST, COMUNISMO E BADERNA - TUDO A VER



Já faz tempo que este espaço e mais alguns outros têm advertido sobre o verdadeiro papel do MST e outros "movimentos sociais" na estrutura do lulo-petismo, porém essas advertências não encontram eco nos meios de comunicação.

Longe de representarem um movimento reivindicatório, eles são exércitos informais que o lulo-petismo movimenta de acordo com os seus planos de dominação e poder.

Esses exércitos se prestam a tudo e a todas as escabrosas manobras de interesse do lulo-petismo, que vão desde campanhas de desacreditação de adversários políticos até vinganças pessoais por atos praticados contra seus mentores.

Por exemplo: a invasão do Palácio de Governo do Estado do Ceará ocorrida ontem, suspeito eu, que outra coisa não foi, senão uma represália ao governador Cid Gomes, que reagiu a altura a uma grosseria feita a ele pela grosseira e despreparada presidAnta da República.

No dia de hoje, 17 de abril. a mobilização desses exércitos se dá em quase todo país, bloqueando estradas, invadindo e destruindo propriedades particulares e prédios públicos sem que nenhuma força repressiva seja usada contra eles, e, caso sejam, todos os meios de comunicação irão criminalizar a ação repressiva e enaltecer, ou pelo menos desculpar a ação desses bandidos.

Esses exércitos informais veem sendo formados, durante anos, e o seu recrutamento é feito nas camadas mais suscetíveis e menos favorecidas da população brasileira, e hoje, contam com um contingente maior e melhor treinado que as FARC colombiana, pois estas, dado ao duro combate que lhes foi imposto por sucessivos governos, encontram-se confinadas na selva e nas montanhas da Colômbia, enquanto que, esses combatentes do lulo-petismo estão agrupados em acampamentos de beira de estrada, assentamentos rurais, cortiços e favelas urbanas, e, dependendo dos interesses políticos, surgem do nada, aos milhares, com suas bandeiras vermelhas, suas foices e facões afiados, suas revindicações descabidas, apoiados, protegidos e incentivados por lulo-petistas travestidos de guardiões dos "direitos humanos".

Os "movimentos sociais" levam uma vantagem sobre as FARC ao não serem caracterizados como o que realmente são; um exército de guerrilha.

Esses exércitos sem lei e sem rosto veem sendo estimulados em quase todos os países da América do Sul, estando hoje presentes na Bolívia, Paraguai, Venezuela, Equador, Brasil, coincidentemente, países que estão se afastando da democracia, do Estado de Direito, para abraçar regimes ditatoriais com tendências comunistas.

Enquanto os soldados desses exércitos habitam barracas de lona preta a beira de estradas e cortiços mal cheirosos, os seus criadores e incentivadores transitam por suntuosos salões da capital federal.

Enquanto seus "soldados" morrem a míngua, o seu chefe cuida de um "câncer político" em um dos melhores hospitais do mundo, indiferente ao sofrimento que esses "movimentos sociais" impingem à sociedade Brasileira.

Enquanto nos, que trabalhamos e pagamos impostos, nos vemos impedidos de chegar ao nosso destino, produtores honrados veem suas plantações destruídas, roubadas, seu gado abatido para saciar a fome de bandidos desordeiros, grupos de defensores dos direitos humanos atacam quem ousa combatê-los.

Se essa situação evoluir, muito em breve esses marginais deixarão de ser interessantes inclusive ao lulo-petismo, porém aí já será muito tarde, pois eles já estarão suficientemente organizados, e o seu combate, certamente conduzirá o país a uma revolução armada de consequências imprevisíveis.

Essa será, sem dúvida a grande herança que lula e o seu lulo-petismo deixarão para os brasileiros quando se forem

domingo, 15 de abril de 2012

LULO-PETISMO, CADÁVERES, CACHOEIRA E MENSALÃO - TUDO A VER


O lulo-petismo tem vários cadáveres insepultos ou mal sepultados, e, mais dia, menos dia terão que prestar contas deles.

Dentre os cadáveres, vítimas dos seus planos de poder ou que pagaram muito caro por se recusarem a continuar na escalada de crimes em que o lula e o seu pt se meteram sempre serão  lembrados o Toninho do pt, e Celso Daniel, bem como todos os que estiveram  envolvidos no sequestro e morte do ex-prefeito de Santo André.
O sangue deles suja as mãos do lulo-petismo, e clamam por uma sepultura digna, coisa que só ocorrerá com a elucidação desses assassinatos e a punição dos culpados.

Mas, outros cadáveres assombram o covil lulo-petista, e um dos maiores é, sem dúvida alguma o MENSALÃO, um crime tão grave que deveria ser julgado pelo Tribunal de Haia, dado o número incontável de mortes que causou ao roubarem o dinheiro destinado à Saúde, Educação, Segurança e Saneamento Básico dentre outras prioridades de um governo honesto, e usarem-no para rechear cofres de uma facção criminosa chamada pt e comprar corações e mentes de canalhas levados ao poder graças ao voto de milhões de desgraçados que ainda creem no discurso messiânico de seu líder, o rei de todos os embusteiros, luis inácio lula da silva.

Pois bem, depois de jazer durante oito longos anos nas gavetas de um ministro do STF eis que esse cadáver volta a assombrar a quadrilha, não na forma que seria de se esperar, mas por uma ação dela própria.

Era de se esperar que, uma vez "exumado" da gaveta do Min. Joaquim Barbosa, o ministro relator,  Ricardo Levandowski desse celeridade ao processo, mas, pelo que se pode perceber, o mesmo recebeu de seu chefe a ordem de protelar ao máximo, e, entre canalhas, ordem dada é ordem cumprida. Mas o destino nos prega peças; e, ao tentar atingir a quem lhes faz oposição com o caso do Carlinhos Cachoeira, o lulo-petismo abriu o caixão que jazia insepulto,  e agora terá que lidar com ele.

Restam ao lula e sua quadrilha algumas opções, sendo que nenhuma delas lhes constitui novidade: Matar o Carlinhos Cachoeira em um crime que será prontamente acobertado pela polícia federal, jogar aos leões aliados que se descubra envolvidos com ele, correndo o risco de ter que cometer mais assassinatos, pois dentre os que figuram nessa lista tem gente que sabe demais, e não vai gostar nem um pouco de ser jogado aos leões, ou, a exemplo do próprio lula, afirmar que não sabia de nada, que jamais soube.

Se Ministro Lewandowski, tivesse tido a hombridade de acelerar o seu relatório e  concluisse pela inocência dos réus e votasse pela sua absolvição  encurtaria em muito o caminho da facção criminosa, mas isso iria atrair para si a ira da opinião pública, e foi exatamente essa protelação que reabriu o caso ao se descobrir  a ligação de ilustres petistas com o contraventor, e essas ligações têm muito a ver com parte do  dinheiro do mensalão.

E QUEM FOI QUE DISSE QUE MORTOS NÃO FALAM ??






MICHEL TEMER, QUEM DIRIA, ACABOU NO IRAJÁ !


Por razões pessoais, só o fato de ver esta foto já me enche de tristeza, porém, uma declaração do ex-deputado federal, atual vice-presidente da república, e, sobretudo, professor de Direito Constitucional, Michel Temer, dada a um jornal aqui de Sorocaba, fez com que essa tristeza aumentasse, e chegar quase ao estado de pena.
Ao ser indagado sobre a possibilidade da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado federal, Renato Amary ser barrada pela "Lei da Ficha Limpa" ele declarou " Eu não acredito, pois tratam-se de processos sem consistência"(matéria completa aqui).


Se qualquer dos outros dois que aparecem na foto tivesse feito essa declaração não seria razão de espanto, pois as suas vidas sempre foram pautadas pelo desrespeito às leis, e principalmente à Carta Magna, mas, um professor de Direito Constitucional, não pode jamais, mesmo que em nome de um projeto político, desrespeitar o trabalho do Ministério Público, que ofereceu a denúncia, do Juiz de Primeira Instância que julgou e sentenciou, e do Tribunal Superior que confirmou a sentença.


Como já foi amplamente divulgado, o Sr. Renato Amarry responde a aproximadamente 30 processos, em decorrência de atos praticados nas duas vezes que foi prefeito de Sorocaba, e, dentre eles, dois, por Improbidade Administrativa, já foram julgados e tiveram as suas sentenças confirmadas pelo TJ.


Se isso será fator de exclusão ou não, caberá à Justiça Eleitoral decidir, e, ele, enquanto cidadão, até poderia expressar a sua opinião a respeito, mas jamais o poderia como Vice-Presidente da República.


Com o linguajar  refinado que lhe é peculiar, ao dar semelhante declaração, igualou-se ao fanfarrão e boquirroto lula e ao cínico sarney, e isso, é para mim, mais que causa de tristeza ... é de PENA.