segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

2013 - MAIS UM ANO SEM TER O QUE COMEMORAR

30 de Dezembro de 2013.

Mais um ano que se encerra melancólico para o Brasil e para os Brasileiros.

Enquanto o povo iludido aguarda eufórico a virada do ano, a nação consciente, qual um palhaço triste, chora pelo ano que se finda perdido, e chora mais ainda pela  expectativa de mais um ano de corrupção, desmandos, mentiras e canalhices.

Comemorar o que?
Comemorar as mortes mais que anunciadas nas enchentes de todo ano?
Comemorar as milhares de mortes dos que aguardam atendimento nas filas do SUS?
Comemorar as milhares de mortes de crianças e jovens causadas pela fome, desnutrição, ou levados pela desesperança das drogas?
Comemorar a transferência de bilhões de Dólares para ditaduras do mundo todo, enquanto Brasileiros Nordestinos morrem a míngua, sem que os governantes lhes ofereçam um copo de água limpa e decente?
Comemorar a falência das instituições como um todo, mergulhadas que estão num pântano asqueroso de corrupção?
Comemorar a situação pré-falimentar em que se encontram algumas das maiores empresas brasileiras?
Comemorar a volta da inflação e de todos os malefícios que a acompanham?
Comemorar por sermos obrigados a ouvir os discursos ufanistas e aleivosos feitos por governantes, em cadeia nacional de rádio e televisão, quando o lugar desses mesmos governantes seria a cadeia?
Comemorar a vergonha que sentem os brasileiros de bem por serem obrigados a ostentar narizes de palhaço que nos foram impingidos por uma turba de imorais que se contentam com esmolas e mentiras?
Comemorar os estupros que políticos, e governantes praticam diuturnamente na Constituição Brasileira, sob os olhares complacentes de alguns juízes da nossa mais alta Corte?
Comemorar a corrupção que corre solta na preparação de uma copa do mundo que vai levar o país à bancarrota?
Comemorar, enfim, um ano novo que só traz no seu bojo as mesmas tristezas do ano velho, por que? Como?

A tristeza é maior para os que, como eu, estão passados dos 60 anos.
Esses homens e mulheres, que antes mesmo de completar a maioridade já lutavam contra a ditadura militar, engrossavam passeatas, apanhavam, eram presos para que o Brasil pudesse voltar a ser uma Democracia Plena se sentem, como eu, enganados ... envergonhados.

Lutamos tanto, para entregar o país para um bando de ladrões da pior espécie, que além de nos roubar dinheiro, manobra para nos roubar a DEMOCRACIA, a LIBERDADE.

Nos afronta com suas mentiras e engodos, ri da nossa inteligência, cospe na nossa cara, escorados pelos votos comprados junto as camadas mais baixas e ignorantes da população, usando para isso, o dinheiro dos nossos impostos, O NOSSO DINHEIRO.

Não meus caros, não há o que comemorar.

Como bem definiu Georges Clemenceau: "Um homem que não seja um socialista aos 20 anos não tem coração. Um homem que ainda seja um socialista aos 40 não tem cabeça",  e eu vou mais longe, NÃO TEM VERGONHA NA CARA.


quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

O DIA EM QUE OS ROLA-BOSTA AFRONTARAM AS FORÇAS ARMADAS.

 
Eu jamais imaginei que viveria para ver a cena triste que o Brasil presenciou ontem.

O congresso brasileiro, numa cerimônia circense, devolveu o mandato de Presidente da República a João Goulart, o Jango.

Seria somente mais uma pantomima desse governo desgovernado, não fosse por estarem presentes os comandantes do Exército, Enzo Martins Peri, da Aeronáutica, Juniti Saito e da Marinha, Julio Soares de Moura Neto, que impassíveis, assistiram esse congresso composto por rola-bostas escarrar, mais uma vez, na Farda das nossas Forças Armadas.

Todos os que discursaram não pouparam ofensas aos patriotas que impediram que Jango desse um golpe de estado e transformasse o Brasil num satélite da extinta união soviética e vassalo dos títeres cubanos, e, esses três indignos senhores, a tudo assistiram, sem esboçar uma só palavra, um só gesto que pudesse ser interpretado como de descontentamento.

O espetáculo propiciado pela presidente da república, ministros de estado, congressistas e comandantes militares foi repugnante.

Um ajuntamento de terroristas, quadrilheiros e ladrões condenados achincalhando uma instituição que outrora foi formada por patriotas escarrando nas fardas dos atuais comandantes, e tendo como eco a covardia desses que têm, por atribuição Constitucional, proteger o Brasil e os Brasileiros
de aventureiros ideológicos.

O ato em si não teria significado algum, não fosse a presença desses três covardes travestidos de militares.

Enzo Peri, Juniti Saito e Moura Neto, herdeiros bastardos da Bravura de Caxias, da Inventividade de Alberto Santos Dumont e da Intrepidez do Almirante Tamandaré envergonharam de maneira cabal as Armas que representam.

É passada a hora do BASTA!!




sexta-feira, 29 de novembro de 2013

MIRUNA GENOINO DISSE "EU TENHO VERGONHA DO MEU PAÍS", EU RESPONDI.

"EU TENHO VERGONHA DO MEU PAÍS"

Essa foi a exclamação da filha de José Genoino, Miruna Genoino, quando soube que, pela segunda vez, médicos haviam desmontado a farsa armada pelo seu pai, pelo PT e por parte da imprensa para livrá-lo da cadeia.

Sabe, Miruna, eu também, mas por razões diversas, me envergonho do meu país.

Ao contrário de você, a razão da minha vergonha é ver ao que, facínoras como o seu pai, reduziram o meu país, e isso com a anuência de grande parte dos brasileiros, que, imersos na pior das pobrezas, a de espírito, trocaram sua dignidade e os seus votos por alguns míseros trocados do Bolsa Família.

Eu sinto vergonha do meu país ao ver a injustiça das filas quilométricas nos hospitais do SUS, enquanto que seu pai, um dos responsáveis pelo roubo do dinheiro destinado à Saúde é atendido nos melhores hospitais e pelos melhores médicos.

Eu sinto vergonha do meu país ao ver crianças morrendo de fome e sede, enquanto quem lhes roubou do direito de sonhar com uma vida melhor se revolta ao ter que beber água de torneira.

Eu tenho vergonha do meu país quando escuto uma notícia de prisão ou morte de jovens por tráfico ou uso de entorpecentes porque sei que quem os está matando encena uma farsa dantesca para se ver livre do mais que merecido castigo por UM dos crimes que cometeu.

Eu tenho vergonha do meu país, menina Miruna, quando vejo a sujeira que tomou conta de todas as instituições, da corrupção que grassa desvairada em todos os Poderes da República, e seu pai foi um dos principais agentes dessa degeneração institucional.

Eu tenho vergonha do meu país quando percebo que a falta de memória e as distorções da história, transformaram assassinos  em vítimas de uma ditadura, que muito embora tenha cometido seus erros visava apenas livrar o país do infortúnio de uma ditadura comunista.

E tenho mais vergonha ainda, quando esses assassinos se auto intitularam Heróis da Causa, e se tornam os "mocinhos" de uma guerra que só existiu para que fosse possível preservar a liberdade e o direito que você e eu temos hoje de dizer que nos envergonhamos do país em que vivemos sem que sejamos encarcerados nos gulags soviéticos ou mansardas cubanas.

Me envergonho sim, do Brasil Vermelho, formado por exércitos de famintos e ignorantes; do Brasil de mentiras e roubos "ideológicos", dos atentados às liberdades democráticas e da prostituição da dignidade do homem e das instituições, e é esse o legado que seu pai e o PT querem nos deixar.
 Do meu Brasil Verde e Amarelo, formado por gente honesta, trabalhadora, amante e respeitadora das liberdades democráticas, e, sobretudo por gente que não aceita esmolas de quem quer que seja, EU TENHO O MAIOR ORGULHO.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

AINDA "A DESOCUPAÇÃO DO PINHEIRINHO" - UM MEMBRO DO MINISTÉRIO PÚBLICO A SERVIÇO DA MENTIRA

O jornal Folha de São Paulo traz hoje uma noticia, no mínimo tendenciosa, para não dizer canalha.
O título da notícia é:

Promotoria apresenta denúncia contra comandante da reintegração de posse do Pinheirinho.

  Reportagem completa aqui 

O promotor Laerte Leval acusa o Coronel PM Manoel Messias Mello, que comandou o cumprimento da Sentença Judicial, dentre outras coisas, de ter-se negado a sustar a ação, mesmo diante de Liminares da Justiça, e de ter empregado "força desproporcional" e "truculência" para a execução de uma ORDEM JUDICIAL LEGÍTIMA.

Refrescando a memória desse membro indigno do MP, o Governo Paulista tentou por meses negociar a execução a Ordem Judicial com as lideranças e como não logrou êxito, informou aos mesmos que a ordem seria cumprida.

Eis que os "pacíficos moradores" formaram um exército e prometeram resistir, coisa amplamente divulgada pelas mídias do país todo, e a PM nada mais fez do que precaver-se.

O início da operação se deu as seis horas da manhã, conforme determina a lei, e a cena que a PM encontrou foi essa: Barricadas feitas com entulho e pneus
queimados, barracos desocupados incendiados, e um povo em pé de guerra, que, inclusive usava crianças, idosos e cadeirantes como escudo.

Num trecho da ação, esse promotor acusou o Comandante da Operação de "incorrer abuso de autoridade e expôr a vida ou a saúde de pessoas "a perigo 
direto e iminente". 


Quem expôs os moradores ao "perigo iminente" foram as lideranças da invasão, gente ligada aos PSTU e PT, que liderou e fomentou a insubordinação a uma determinação Judicial, como se o Estado de São Paulo ainda vivesse em regime tribal.

Num outro trecho da acusação, o Dr. Laerte Leval cita o efetivo e os equipamentos usados pela Policia Militar: "dois mil homens armados com metralhadoras, cassetetes, elastômero, bombas de gás e equipamentos de spray pimenta", ( e aí ele se esqueceu de incluir as pistolas .40) além de "mais de duzentas viaturas, um carro blindado, dois helicópteros águia, quarenta cães e cem cavalos-- foi feita de maneira truculenta, com o uso de bombas de gás e tiros de borracha, e nem mesmo resguardou crianças presentes no local, que presenciaram "seus próprios pais apanhando da polícia". 

Ora, meu caro e mentiroso promotor, esse equipamento é o normalmente utilizado pela Policia Militar do Estado de São Paulo em ocorrências desse tipo, e o efetivo foi o suficiente, no entender do comando, para evitar perdas dos dois lados.

O ponto alto da farsa que esse Promotor canalha encena na sua peça acusatória é a seguinte afirmação: "Melo se recusou a suspender o despejo dos moradores mesmo quando representantes da Justiça lhe apresentaram decisões liminares que suspendiam a execução da reintegração de posse."

Nunca houve uma liminar suspendendo a desocupação; entidades ligadas ao PSTU e ao PT tentaram por quatro vezes impedir  a desocupação na justiça, e todas as quatro tentativas foram negadas; na Comarca de origem, (SJC) no TJ Paulista, no STJ e no STF,  portanto, mais uma vez, essa triste figura do nosso judiciário, desavergonhadamente FALTA COM A VERDADE, MENTE DESCARADAMENTE.

Muito embora a resistência ensejada pelos despejados, a PM concluiu a Reintegração de Posse sem que uma só morte ocorresse, e, de quebra ainda descobriu um intenso esquema de tráfico de drogas que ali era desenvolvido e um esquema de cobrança de propina a semelhança das milicias cariocas, cujos beneficiados era gente do PSTU.

Se sou eu o advogado do Coronel, ao mesmo tempo em que faço a defesa, entro com uma representação no CNMP contra esse promotor e uma representação contra a Folha de São Paulo por crime contra a honra e dano moral.

É triste constatar, mas o aparelhamento ideológico do judiciário brasileiro não está restrito as altas esferas. A podridão, infelizmente, chegou a todas as instâncias, e estes lutam desesperadamente para desestabilizar o Governo de Geraldo Alckmin, que, por seus acertos é muito bem avaliado pelos contribuintes Paulistas.







terça-feira, 15 de outubro de 2013

A FARSA DO "MAIS MÉDICOS" E AS INCOERENCIAS DO MINISTRO ALEXANDRE PADILHA

O primeiro ''Erro Médico" cometido por um profissional desqualificado, que  o Ministério da Saúde não conseguiu esconder das Redes Sociais, mostrou o quanto esse programa é canalha, bem como seus idealizadores e executores.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, tem demonizado o CFM (Conselho Federal de Medicina) e aos CRMs (Conselhos Regionais) por estes se recusarem a fornecer registros a médicos estrangeiros cuja formação não tenha sido avaliada por eles, e, por intervenção do Judiciário acapachado, tem obrigado aos Conselhos a fornecer estes registros.

Pois bem; um desses"profissionais", o "médico" argentino  Juan Pablo Cazajus cometeu um erro médico que poderia ter levado o paciente à morte ao receitar o antibiótico AZITROMICINA, em dose 300% superior a recomendada, e, o que fez o Ministério da Saúde? Num primeiro momento, tentou negar que este médico fizesse parte do malfadado e contestado programa, conforme comprova o diálogo tido no Tweeter.

Acuado, o Ministério da Saúde publicou uma nota formal, e nela deixa à mostra a farsa que é esse programa.

Pelo programa, TODOS os médicos com "registro provisório" seriam OBRIGATORIAMENTE acompanhados por um "supervisor", mas, pela nota do MS descobriu-se que ISSO É MENTIRA; "Um médico supervisor vinculado ao programa foi encaminhado ao local para acompanhar e avaliar a atuação do profissional após comunicação ao Ministério da Saúde de prescrição de uma dose possivelmente inadequada de um antibiótico. A coordenação do Programa acompanha o caso.Alagoas Real - Materia completa

Por esse trecho da nota, percebe-se que este médico, muito embora sem ter sido avaliado pelos órgãos competentes, atuava de maneira autõnoma, e sem supervisão alguma.
  
Continuando o festival das mentiras mal contadas pelo Ministro Alexandre Padilha e sua trupe infame, o ministério da Saúde, que, ao impor aos Conselhos a concessão dos registros, tornou-se AVALISTA da real capacidade desses médicos, agora, covardemente, tenta desvincular-se disso ao declarar:  "Os médicos com registro no Brasil, inclusive os profissionais com registro provisório devido à participação no Mais Médicos, estão sujeitos à fiscalização estabelecida pelo Conselho Regional de Medicina em que estiver inscrito, conforme legislação aplicável."

Pelas normas do CFM e legislação aplicável, para usar os termos do MS, TODOS os profissionais formados no exterior são obrigados a prestar o REVALIDA para terem seus registros concedidos, e não é esse o caso desse médico, estando ele, portanto, sob responsabilidade ÚNICA E EXCLUSIVA do Ministério da Saúde.

 Continuando com o "Festival de Hipocrisia" tão comum ao Ministro Padilha e ao seu lulopetismo, o comunicado do MS tergiversa mais uma vez ao tentar jogar para o CFM a responsabilidade de punir IMPERÍCIAS MÉDICAS advindas de profissionais não testados que foram impostos ao brasileiro pelo governos lulopetistas com a seguinte declaração: "De acordo com o Código de Ética Médica, os médicos que cometerem faltas graves e cuja continuidade do exercício profissional constitua risco de danos irreparáveis ao paciente ou à sociedade poderão ter o exercício profissional suspenso mediante procedimento administrativo específico", e eu pergunto: procedimento específico DE QUEM, CARA PÁLIDA, se o próprio MINISTÉRIO DA SAÚDE desdenhou das boas práticas do CFM e subjugou seus poderes ao seu discurso canalha??
Punir os erros cometidos por profissionais com registro provisório é uma atribuição exclusiva de quem os considerou capazes; no caso, o MINISTÉRIO DA SAÚDE e, se este tiver um mínimo de honestidade, constatado o erro, a punição só pode ser a exclusão do programa, de maneira imediata.


 
Quando é que você, Alexandre Padilha, vai ter a hombridade de reconhecer que o problema do SUS é de FALTA DE gestão e estrutura, e não falta de médicos?

E, se faltam médicos, quando é que o lulopetismo vai respeitar o brasileiro, e, se importar profissionais de saúde, que estes tenham a sua capacidade aferida pelos responsáveis pela fiscalização do cumprimento das normas que norteiam a boa prática da medicina ....

(Este texto foi feito com base na matéria Publicada no Site "Alagoas Real" e em diálogos do Tweeter que tiveram a participação de 2 guerreiros da verdade, @pdevechi e @sokris, A eles, os meus agradecimentos)
 





sexta-feira, 4 de outubro de 2013

UM POUCO DA VERDADE SOBRE O AVAAZ -


O jornal Folha de São Paulo publicou hoje uma matéria assinada por Nelson de Sá e ela é intrigante sob vários aspectos.

No texto, o articulista analisa o papel das “Midias Alternativas” sustentadas por grandes investidores e Fundações.

Uma parte dessa matéria me chamou a atenção: “Em abril, durante encontro de jornalismo no Texas, a Open Society Foundations (OSF), instituição mantida pelo investidor George Soros, patrocinador de campanhas democratas nos EUA e de bandeiras como a legalização da maconha, alertou uma série de sites latino-americanos de reportagem de que iria cortar a subvenção que lhes provinha.

O mega investidor George Soros, fundador da Open Society Foundations, é o mantenedor do Site AVAAZ, defensor de primeira hora da descriminalização do uso certos tipos de drogas, e o seu principal executivo é Pedro Abramovay, advogado ligado aos movimentos de direitos humanos, e que já foi Secretário de Politicas Anti-Drogas do governo Dilma Rousseff, tendo sido demitido por defender o uso de penas alternativas para os pequenos traficantes.

A matéria também da conta que o Sr. Abramovay foi indicado por FHC para o milionário americano, de origem Hungara; coincidência ou não, o Secretário de Políticas Anti-drogas do governo FHC era Walter Fanganielo Maierovitch, que foi demitido do governo em circunstâncias nebulosas, e hoje é articulista da revista Carta Capital, e , a exemplo de Pedro Abramovay, é um defensor feroz da descriminalização das drogas, chegando até mesmo a defender a criação de Narco Salas, dentre outras estultices.

Tanto Abramovay como Maierovitch são ligados aos movimentos de Direitos Humanos, e defendem a leniência com movimentos sociais ideologizados, apoiando até mesmo os violentos e ilegais. Ainda seguindo o ideário da Open Society e da Ford Foundation, apoiam a Regulação dos Órgãos de Imprensa, escondido sob o pomposo nome de “Democratização da Mídia.

Outra coincidência entre esses dois personagens é a aversão que ambos nutrem por FHC, muito embora tenham sido encaminhados por ele

Outro trecho da matéria é explicita melhor a orientação direcionada para a “Democratização da Mídia”: “Se a Open Society revê suas subvenções, cujos beneficiados incluem ainda organizações como o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, no Texas, e a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), a Fundação Ford segue firme na área de "democratização da mídia", que começou a se desenvolver na última década, segundo Mauro Porto, coordenador do projeto dedicado a "mídia e liberdade de expressão" na instituição.

Um outro trecho assustador: Segundo Porto, o projeto surgiu há dez anos, quando a fundação avaliou ser "fundamental, para consolidação da democracia no Brasil, a democratização dos meios de comunicação".

Pedro Abramovay falseia com a verdade em duas ocasiões da entrevista, e uma delas é esta: Para tanto, a fundação vem buscando cada vez mais uma "governança própria, independente da vontade" do investidor.Quem conhece George Soros da conta de que as orientações dele são sempre terminativas. Isso foi dito por Armínio Fraga, que fez sua carreira com Soros e foi Presidente do Branco Central no governo FHC,

Mente ainda ao declarar: Nos últimos dois anos, fora do governo, Abramovay esteve à frente do site global Avaaz, de campanhas e petições, que não aceita financiamento de governos ou fundações, só "crowdfunding". Com base na sua experiência, avisa que, junto aos brasileiros, não é tarefa fácil." É mais que sabido que o mega investidor é o financiador e DONO do AVAAZ.
 
George Soros é visto com sérias reservas no Mercado Financeiro Global por, supostamente, usar de quaisquer meios para atingir o seu objetivo único: Ganhar Dinheiro, então, fica a pergunta:
COM QUE OBJETIVO SOROS INVESTE O SEU DINHEIRO EM UM PROJETO QUE DEFENDE O USO DE DROGAS E PRATICAS ANTI DEMOCRATICAS COMO A REGULAÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO?

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

ALBERTO TORON, LUIS R. BARROSO, QUEM ESTÁ PAGANDO OS ADVOGADOS QUE DEFENDEM CESARE BATTISTI?

O assassino de aluguel alcunhado de ex ativista político, Cesare Battisti, condenado duas vezes a cumprir prisão perpétua na Itália, por ter cometido 4 (quatro) assassinatos, e indevidamente acoitado no Brasil por covardia do STF e canalhice do ex presidente lula, é muito mais bandido do que o governo bolivariano nos quer fazer crer.

Por ter usado documentação falsa para entrar no Brasil, ele ele está sujeito a um novo processo de expulsão, e o seu último recurso, foi negado pelo STJ no dia 27 de Junho passado.
(Notícia de O Globo)

Pesquisando no site do STJ tive a informação de que o Acórdão foi publicado no dia 17 de Setembro, devendo portanto, seguindo o rito dos processos de expulsão, ser enviado ao Ministro da Justiça, que é quem dará a última palavra.

Mas, o que me deixou intrigado foi constatar que o advogado que o está defendendo nesta fase do processo é, simplesmente, Alberto Zacharias Toron, um dos criminalistas mais caros do Brasil, sendo que, o rábula
Luis Eduardo Greehalgh, é apenas o advogado de fachada.
(link p o Acórdão)

Esse bandido foi defendido pelos mais custosos advogados brasileiros, estando entre eles o atual ministro do Supremo Tribunal Federal, Luis Roberto Barroso e Alberto Zacharias Toron, que, segundo consta, não fazem parte do quadro da Assistência Judiciária Gratuita.

Cabe então perguntar, QUEM ESTÁ PAGANDO ESTA CONTA?

A matéria publicada pelo jornal O Globo dá conta de que o assassino e terrorista reside em um apartamento nos Jardins (SP) e ele mesmo comentou que o que arrecada com a venda de seus "livros" quase não chega para o aluguel.

Em que pese eu não ter a menor ideia do tipo de gente que poderia se interessar pelo que esse assassino escreve, duvido que tenha vendagem bastante para sustenta-lo e ainda pagar a esses profissionais, assim como, também duvido que os mesmos o estejam defendendo gratuitamente.

É escandaloso constatar que o nosso Judiciário não se interessa pela origem do dinheiro que paga os advogados, e, segundo consta, alguns desses causídicos cobram quantias fabulosas. Não faz muito tempo noticiou-se que o advogado e ex ministro da justiça Márcio Thomas Bastos cobrou R$ 15 000 000,00 (quinze milhões de Reais) para defender Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso no escândalo da Delta, que abalou os alicerces do Palacio do Planalto, e os honorários de Toron e Barroso não devem andar muito longe disso.

Eu não sei qual é o interesse do governo lulopetista nesse assassino; qual é a misteriosa causa que levou o STF a apequenar-se e transigir de suas atribuições, deixando para lula a decisão, quando na verdade, só cabia a ele, Supremo Tribunal Federal decidir, e nem o que fez com que lula, em mais um ATO de covardia, lhe concedesse asilo político no seu último dia de governo, mas de uma coisa eu tenho certeza: NOS, CONTRIBUINTES BRASILEIROS, ESTAMOS PAGANDO A DEFESA DESSE CANALHA.







domingo, 29 de setembro de 2013

DESVENDANDO A MALANDRAGEM QUE ESTÁ POR TRAS DO QUEBRA QUEBRA DE SEXTA FEIRA


Desvendando a trapaça do quebra quebra de sexta feira a noite.


Para lidar com o pt e o seu marketing asqueroso é preciso ser paranoico.

Na sexta feira São Paulo viveu uma nova noite de caos, por conta de uma manifestação “contra a corrupção” e esta terminou com um confronto defronte ao Clube Portugues, onde ocorria um evento do pt e com a presença de lula.

Era um evento que pela sua envergadura não justificava a cobertura da imprensa, pois se tratava apenas e tão somente, da apresentação de Alexandre Padilha como candidato ao governo de São Paulo para empresários e dirigentes do pt.

Aí começa a canalhice; 100  “manifestantes” saem do vão livre do MASP, tumultuam o trânsito da maior cidade da América Latina em pleno horário de pico, e, coincidentemente, vão terminar a manifestação defronte ao local onde ocorria o evento, e, mais coincidentemente ainda, entram em confronto com “militantes petistas” que ali estavam para venerar lula.

Pronto! A química funcionou!! O que era para ser um “eventinho”, sem direito a nota no jornal do bairro, virou um “eventão”, com direito a aparições no Jornal da Noite e no Jornal Hoje, da Rede Globo e menções com direito a vídeo em quase todos os jornais e revistas do final de semana.

As narrativas deram destaque para o momento em que o confronto ocorreu; justamente na hora em que lula discursava, e chegaram a temer pela sua segurança.
Também não faltou a imagem da “polícia do Alckmin” espancando um “manifestante pacífico”, do jeito que o pt gosta.

Para o pt, juntar 100/200 ou mil manifestantes é uma questão de minutos, a trama urdida foi tosca demais para ser verdadeira.

Abram os olhos e fiquem atentos; quando Gilberto Carvalho, Ruy Falcão e Dilma Rousseff disseram que iam fazer o diabo para se manterem no poder eles não estavam brincando.



quinta-feira, 26 de setembro de 2013

DILMA EXPLICA PORQUE O BRASIL É INTERESSANTE KKKKKKK

Foto: Se alguém entender o que essa estúpida quis dizer com esse converseiro todo, por favor, não me avisem.
6/09/2013
às 12:43 \ Sanatório Geral
Neurônio organizado
“Tem uma infraestrutura muito importante para o Brasil, que é também a infraestrutura relacionada ao fato de que nosso país precisa ter um padrão de banda larga compatível com a nossa, e uma infraestrutura de banda larga, tanto backbone como backroll, compatível com a necessidade que nós teremos para entrarmos na economia do conhecimento de termos uma infraestrutura, porque no que se refere a outra condição, que é a educação, eu acho importantíssima a decisão do Congresso Nacional do Brasil em relação aos royalties”.

Dilma Rousseff, em entrevista coletiva em Nova York, após brilhar na abertura da Assembleia Geral da ONU, capturada por Celso Arnaldo ao dar ao mundo um exemplo da força da organização das noções unidas.Se alguém entender o que essa estúpida quis dizer com esse converseiro todo, por favor, não me avisem.
6/09/2013
às 12:43 \ Sanatório Geral
Neurônio organizado
“Tem uma infraestrutura muito importante para o Brasil, que é também a infraestrutura relacionada ao fato de que nosso país precisa ter um padrão de banda larga compatível com a nossa, e uma infraestrutura de banda larga, tanto backbone como backroll, compatível com a necessidade que nós teremos para entrarmos na economia do conhecimento de termos uma infraestrutura, porque no que se refere a outra condição, que é a educação, eu acho importantíssima a decisão do Congresso Nacional do Brasil em relação aos royalties”.

Dilma Rousseff, em entrevista coletiva em Nova York, após brilhar na abertura da Assembleia Geral da ONU, capturada por Celso Arnaldo ao dar ao mundo um exemplo da força da organização das noções unidas.

CELSO DE MELO, O JUIZ DE MERDA, AGORA ATACA A IMPRENSA PARA JUSTIFICAR A SUA COVARDIA

Se alguém ainda tinha dúvida que o ministro Celso de Mello teria se acanalhado ao votar pela aceitação dos "embargos infringentes" agora não tem mais.
 

Estas duas entrevistas, concedidas ao Jornal Integração, de Tatuí, sua terra natal e à Mônica Bérgamo, feroz defensora do lulo petismo e especialmente de josé dirceu, dada a sua ligação com o advogado dele, demonstram claramente a sua absoluta falta de argumentos para justificar seu voto. 
 
Reinaldo Azevedo, que sempre defendeu as posturas desse ministro, analisou as entrevistas e desmontou a argumentação de maneira magistral (leia aqui)
 

Então, numa argumentação própria de dos covardes, Celso de Melo, o "Juiz de Merda"  questiona a liberdade de pensamento dos que "ousaram", segundo ele, pressioná-lo.
 

Chega ao desplante de declarar que foi o STF quem "deu" a liberdade de expressão ao povo brasileiro e à sua imprensa, COISA QUE SÓ A DEMOCRACIA PODE DAR.
 

Eu e qualquer outro brasileiro lúcido irá entender essas declarações dele como o "Jus Esperneandi" de uma consciência atormentada pela culpa;
 

CULPA POR TER SE ACOVARDADO E FAVORECIDO AOS BANDIDOS.
CULPA POR TER FRUSTRADO O DESEJO DE JUSTIÇA DOS BRASILEIROS DE BEM,
CULPA POR TER REDUZIDO A ESTATURA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL À SUA POUCA ESTATURA MORAL,
CULPAS ENFIM, QUE O "JUIZ DE MERDA" IRÁ CARREGAR PARA SEMPRE.
DOS COVARDES A HISTÓRIA NÃO FALA, CELSO DE MELO, E QUANDO FALA, FALA MAL.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

MAIS MÉDICOS - ALGUMAS PERGUNTAS A ALEXANDRE PADILHA - PARTE I

Comentar política no Brasil está se tornando uma tarefa para comentarista policial.

Os escândalos, roubos, desmandos e atentados às liberdades democráticas são tantos que, se abordados pela sua real figura, estariam sendo narrados pelo Datena, Marcelo Rezende, etc.

Enquanto o país sai para as ruas exigindo seriedade administrativa, honestidade com o dinheiro público, punição para os ladrões do erário, além de SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA E TRANSPORTE DIGNO, a presidente da república, nos responde com uma proposta de consulta popular para reformular a política e um mal explicado
"Programa Mais Médicos", que, segundo consta, pretende importar milhares de "médicos cubanos", sem que a sua capacidade seja aferida conforme leis e estatutos do país.

O programa "Mais Médicos" tem despertado reações contrárias não só no meio médico. A desconfiança e rejeição atinge também uma grande parte da população, de todas as camadas sociais, a ponto do próprio Ministro da Saúde, Alexandre Padilha tentar, em vão, justificar-se, tanto na imprensa como nas redes sociais.

Em uma dessas tentativas (no Twitter) o ministro da saúde argumentava em defesa do programa que o "Mais Médicos" vai fazer chegar o atendimento aos locais mais distantes, onde médicos Brasileiros se recusam atender.

Então, eu elaborei umas perguntas, algumas que já foram feitas e não respondidas, outras que permeiam a minha mente paranoica e vou fazê-las por partes; a primeira sobre os médicos e a segunda sobre estrutura.

MEDICOS
1 - Sabe-se hoje que os médicos cubanos estão sendo preparados há 18 meses para virem ao Brasil, então eu pergunto: Porque o Ministério da Saúde não abriu diálogo com o CFM e CRMs para arredondar a questão da aferição de capacidade, deixando para a última hora a questão, mesmo sabendo que isso iria gerar confronto e desgaste?
2 - Supondo como verdadeiras as afirmações do ministério da Saúde sobre a capacidade dos médicos cubanos, porque isentá-los de serem avaliados pelos órgãos competentes conforme legislação em vigor?
3 - A situação contratual dos médicos cubanos, pelo que o ministério da Saúde tem dado a entender limita-se ao atendimento exclusivo para pacientes do SUS, o que viola a nossa Constituição quanto ao Direito do Livre Exercício Profissional, e ainda no Direito de Ir e Vir, posto que estes ficarão confinados em seus locais de destinação, sendo-lhes vedado outra atividade ou deslocamento. Isso é VERDADE, E SE FOR, PORQUE LANÇAR MÃO DE EXPEDIENTES INCONSTITUCIONAIS?
4 - Supondo que um desses médicos cometa um erro que revolte a população e seja vítima de agressão ou até mesmo morra, isso irá configurar um Incidente Internacional; Quem irá responder por isso?
5 - O país possui uma Legislação Trabalhista, sendo um dos poucos países do mundo a ter um Tribunal Especializado, mas a legislação a reger o trabalho desses médicos É a a cubana. PORQUE?
6 - Qual o receio do Governo, e especialmente a Ministério da Saúde em tornar público o CONTRATO FEITO COM CUBA?
7 - A remuneração oferecida pelo governo federal atraiu milhares de profissionais brasileiros, mas, a exiguidade do prazo de inscrição e "bugs" no programa de cadastramento impediram que a maioria deles se inscrevesse, então, porque não reabrir essas inscrições com um prazo mais elástico?
8 - Ainda falando em remuneração, esse salário de R$ 10 000,00 é muito mais do que a maior parte dos Estados e Prefeituras suportam pagar para os seus contratados, o que vai gerar uma discrepância e um ponto de atrito entre médicos e poder público e nos faz pensar que a real intenção do governo é federalizar a Saúde pública, hoje, estadualizada e municipalizada; ISSO É CORRETO? Se não, como o governo federal pretende administrar os conflitos que certamente advirão?
9 - Os médicos do SUS atendem em 3/4 horas dia uma média de 15/20 pacientes, quantos pacientes/dia está previsto para os cubanos atenderem?
 10 - Suponha que um desses profissionais engravide uma moradora, (como eu vi acontecer em Angola nos anos 80, quando o exército cubano deixou milhares de bastardinhos por lá) isso lhes daria direito à cidadania como previsto na Constituição?

Na próxima postagem analisarei a ESTRUTURA ... Por hora acredito que o Padilha já tem diversão o suficiente.



sábado, 21 de setembro de 2013

CELSO DE MELO, MAS PODE ME CHAMAR DE CANALHA ...

Para você, Celso de Melo, que gosta de citar o Sermão do Bom Ladrão;
Uma frase para pensar:
"Aquele que tem obrigação de impedir que se furte, se o não impediu, fica obrigado a restituir o que se furtou"
Pe Antonio Vieira
O Brasil inteiro confiou em você, e o encarregou de impedir que a parte podre do STF roubasse a o pouco de esperança de justiça que ainda nos resta;
O Brasileiro sonhou com um voto que lhes devolvesse a fé no judiciário, mas você se acovardou e permitiu que o sonho e a esperança do Brasil e dos Brasileiros fosse roubado, e agora?
Como vai restituir o sonho e a esperança do Brasileiro?
Como irá restituir a dignidade do STF, aviltada por juízes canalhas e endossada pelo seu voto covarde?
De todos os votos favoráveis à reabertura de um julgamento já terminado, o SEU voto, Celso de Melo, foi o mais traiçoeiro e covarde.
Quem sabe, esta imagem o faça se envergonhar da canalhice que você cometeu com o Brasil.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

PORQUE JOAQUIM BARBOSA - ANALISANDO PRÓS E CONTRAS.


PORQUE JOAQUIM BARBOSA?

Analisando o panorama político partidário com vistas a eleição presidencial de 2014, eu não vejo nenhum candidato com condições de derrotar o lulo petismo, e isso por muitas razões, mas, a principal delas é a falta de liderança.

Quando eu falo liderança eu me refiro à capacidade que lula tem de falar a qualquer asneira e ainda assim ser aplaudido e aceito como verdade pela maior parte do eleitorado.

Aécio Neves pelo PSDB, Eduardo Campos pelo PSB, José Serra e alguns menos cotados até que tentam seduzir os eleitores, mas os seus discursos causam pouco ou nenhum eco.

Nesse cenário, eu vislumbro uma só pessoa capaz de desbancar o lulo petismo, e esse homem é Joaquim Barbosa.

Muito embora ele já tenha declarado reiteradas vezes não ter pretensões políticas, e ser um homem sem perfil de administrador, ele é possui a capacidade de SER OUVIDO, coisa que os outros três acima citados não possuem.

Negro, vencedor, culto, e com uma capacidade extra, carisma; ele, se faz entender por todas as camadas do povo, mesmo não usando o vocabulário rastaquera do lula e nem o discurso disléxico da dilma vana rousseff.

Sua proximidade com os setores legalistas do judiciário tornam-no um homem difícil de ser chantageado ou atacado, como ficou demonstrado nas duas tentativas que fizeram parra desacreditá-lo: a primeira com a criação dos quatro tribunais federais, quando câmara e associações de juízes se juntaram para derrota-lo e não conseguiram; a segunda, no episódio da compra do apartamento nos USA.

Outra característica da sua liderança é o seu gênio mercurial, coisa que eu desacredito; o que atribuem como sendo mercurial, intempestivo se deve a sua capacidade de ser direto, sem floreios, característica esta apreciada pelo brasileiro. O lula usa desses expediente com frequência, mas, ao contrário do Joaquim, que usa para expressar a sua indignação com as barbaridades que vê, lula usa isso para escapar das respostas que a sociedade lhe cobra.

Pela posição que ocupa, Joaquim Barbosa é sabedor de inúmeros segredos do lulo petismo, o que facilitaria em muito a formação de um governo menos corrupto, com alianças certas e éticas até o ponto que o lixo que é a política permite.

Resta saber se a sua saúde lhe permitiria enfrentar o desgaste de uma campanha eleitoral e se essa despretensão política é real ou apenas jogo de cena.

Existe ainda um enorme problema a ser contornado: A LEGENDA.
Qual partido seria ideal para abrigar uma candidatura, forte o bastante para liderar alianças, fora do pmdb, psdb, pt?
O sistema político brasileiro não permite candidaturas avulsas, e as coligações são decisivas para o sucesso de uma eleição, e eu não vislumbro um partido com decência suficiente para abriga-lo, posto estarem todos comprometidos com o lulo petismo e a corrupção em maior ou menor grau.

Impensável uma candidatura sem coligações. Em 1989 o Dr. Ulisses era o político mais conhecido, respeitado e querido do Brasil e isso o fez candidatar-se à presidência da República sem coligações e amargou um quinto lugar.

Se vai se candidatar, se vai ganhar ou se vai ser um bom presidente é uma outra história, pessoalmente acredito que não.
Qualquer presidente comprometido com a reconstrução do pais vai ter enormes problemas de governabilidade, seja pelo gigantesco aparelhamento hoje reinante em todos os escalões do governo, seja pela corrupção desenfreada, também instalada em todas as instancias do governo e principalmente pela situação financeira e social caótica que reinará no país após a saída do pt do poder,

Na minha modesta opinião, Aécio, Eduardo e Serra não têm a menor condição de se eleger.

Se a oposição que DE FATO afastar o lulo petismo do poder, que arrume um candidato com o perfil do Joaquim Barbosa.

terça-feira, 2 de julho de 2013

EM DUAS FRASES O ESTADISTA DEIXA O SEU RECADO. VALEU FHC !!!

Na noite de ontem, o ex presidente Fernando Henrique Cardoso foi o entrevistado no programa Roda Viva da TV Cultura.

Sem muitas surpresas, deu um verdadeiro Show, não só pela sua irrefutável cultura, mas também pela sua visão clara dos problemas que atualmente afligem os atuais governantes.

Com a sua costumeira fala Diplomática, ele disse claramente que os governos lulopetistas se esgotaram, e, a reboque desse esgotamento perderam a legitimidade, e tentam, como último recurso talvez, um GOLPE DE ESTADO, ao afirmar
 
" A razão de o governo querer o plebiscito é por não sentir ter legitimidade. Então vai buscar o povo. Teremos daqui para frente momentos difíceis".


Está muito claro para a sociedade Que Pensa, que o lulopetismo tenta uma Cartada, que talvez possa ser a última, lançando essa proposta mal ajambrada de um plebiscito contendo no seu bojo propostas de uma reforma política não pedida pela "Voz das Ruas" mas isso ainda não foi totalmente digerido até mesmo pelos que são contrários ao atual governo.

A ele, como presidente de um partido que se diz de oposição, e, que na ocasião era entrevistado como "intelectual", e não como político, não cabia assumir o discurso rançoso e eivado de ódio de Luís Inácio Lula da Silva, mas o seu recado foi dado.

Mas,  o que faz com que um governo democraticamente eleito perca a sua legitimidade? E ele também foi direto e impiedoso ao responder essa pergunta não formulada ao completar:
"Não é a demanda sindical, do salário, é a de viver melhor. E outro componente, a decência. Há uma indignação em função do processo de corrupção que atingiu vários setores".

Nestas duas frases pinçadas, numa entrevista de uma hora, o matreiro FHC deu o seu recado.

Aos atuais ocupantes do governo a DEMOCRACIA  não interessa; o seu único interesse é manter-se no poder a qualquer custo, e para isto está disposto a lançar mão do seu mais precioso trunfo: A IGNORÂNCIA POLÍTICA, e a GANÂNCIA DOS SEUS ATUAIS ALIADOS, para atingir esse fim.

Isso tudo foi dito numa linguagem diplomática, cifrada, ininteligível à maior parte dos que poderão decidir os rumos deste Pobre/Rico país, nesta tentativa de Golpe, e cabe aos militantes do PSDB tornar essas mensagens compreensíveis aos eleitores.



 



 

segunda-feira, 24 de junho de 2013

O PT EM DESESPERO TENTA UM GOLPE BRANCO. ATENÇÃO OPOSIÇÃO!!

"Quando seus exércitos estiverem em minoria e sentires que tua vitória pode estar ameaçada, acenda muitas fogueiras e faça muito barulho, para dar impressão de força"           
 (Sun Tzu - 544 a 496 AC)

O xadrez político é por vezes fascinante.

Nos últimos dias, o governo lulopetista esteve perto das cordas, quase que nocauteado por uma onda de protestos que minou as suas forças, e mostrou claramente o quanto ele é fraco e sujeito a quebras.

Isso fez com que lula acionasse seus cães de guerra, e, eles latiram no portão da Democracia, com a clara intenção de espantar o perigo que ronda seus parvos domínios, demonstrando uma força que eles não têm.

Começou com um discurso pífio da presidente da república feita em cadeia nacional de rádio e TV para dizer "exatamente NADA".

Como segundo ato da demonstração do quanto eles se encontram enfraquecidos, essa mesma presidente convocou todos os governadores e prefeitos das principais cidades do país, com enorme alarde da imprensa, para dizer que ela e o seu partido pretendem dar um golpe de estado, e para isso contam "com a boa vontade de todos os governadores presentes e também  do Congresso."


Trocando em miudos; A presidente da república, ladeada pelo seu vice-presidente, que é professor de DIREITO CONSTITUCIONAL, e foi Deputado Constituinte, tentou mais uma vez rasgar a Constituição, ao propor que se crie uma Assembleia Constituinte, atribuição exclusiva do Congresso, para tratar de assuntos não previstos na própria Constituição, incorrendo, agora sim, em Crime de Responsabilidade, ao atentar contra a Carta Magna.

Para aumentar essa demonstração de fraqueza, a principal aliada do governo na divulgação de absurdos, a Rede Globo, cobriu integralmente a infeliz fala dessa figura tosca e grotesca.

No jogo de xadrez, o PT sacrificou a rainha para tentar salvar o jogo, mas não saiu da posição de xeque.

O próximo lance, ou o lance que cabe à oposição, se é que ela existe, é atuar coordenadamente, e fortalecer os movimentos de protesto, sem se preocupar com a governabilidade.

Os partidos de oposição, governam os Estados do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, e Goiás que representam 50% do PIB e quase isso do eleitorado nacional; basta a eles esquecerem seus feudos políticos e atuarem em conjunto que a árvore podre que é o lulopetismo bolivariano se estatela em 2014, senão antes.


O BRASIL ACORDOU, MAS, SE A OPOSIÇÃO NÃO AGIR, BREVE VOLTA A DORMIR. ESTÃO ESPERANDO O QUE?

Eu tenho visto e lido nas redes sociais, pessoas e grupos pedindo a impugnação, ou impeachment, da atual presidente do Brasil, e, muito embora eu seja um dos que mais gostaria que isso acontecesse, não vejo como isso possa ocorrer, e os motivos são vários.

Pela Constituição Brasileira, a destituiçao de um mandatário só pode ser feita pelo Congresso, sendo que nem mesmo o STF, tem tal prerrogativa.

Para que se abra um processo de impugnação de um governante há que restar provado que o mesmo cometeu "crime de responsabilidade" que é assim descrito na lei 1079/50 e parcialmente aceita pela atual Carta Magna: "Crimes de Responsabilidade do Presidente da República: os que atentem contra a Constituição Federal e, especialmente, contra: a) a existência da União; b) O livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das unidades da federação; c) o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais; d) a segurança interna do País; e) a probidade da administração; f) a lei orçamentária; g) cumprimento das leis e das decisões judiciais."

Tanto lula como dilma cometeram vários dos crimes acima descritos, mas faltou ao Congresso e especialmente à oposição pífia que temos, coragem política e HONESTIDADE para abrir um processo de impugnação.

Um texto de hoje escrito pelo Prof. Ossami Sakamori aventa a possibilidade de dilma perder sustentação, vindo a renunciar, o que eu também creio ser muito pouco provável, pois, para que tal aconteça, o CLAMOR POPULAR tem que se tornar ensurdecedor, para que os atuais congressistas se sintam acuados, caso contrário, o dinheiro do governo vai falar mais alto que a vontade dos que os elegeram.

Nas  duas hipóteses, Impugnação ou Renúncia, o CLAMOR POPULAR é imprescidível, como foi nos casos das Diretas Já e da Renuncia de Fernando Collor.

Diferente da situação de hoje, no caso das Diretas, existia uma liderança partidária; o PMDB, e especialmente Dr. Ulisses Guimarães que conseguiu unificar o Foco das massas, tornando o movimento impossível de ser contido.

No processo de impeachment de Fernando Collor de Mello a situação não era muito diferente; Desgastado pelo confisco da poupança e em permanente atrito com o Congresso, e em especial com o então Presidente da Câmara, Ulisses Guimarães, foi fácil jogar a massa e o Congresso contra ele, mesmo porque, o PT de lula teve papel preponderante na unificação do FOCO.

As manifestações que temos hoje nasceram de uma situação criada pelo PT para desgastar o Governador Paulista, porém o foco derivou expontaneamente para os descalabros cometidos pelo governo federal, porque o povo já não suporta mais a canalhice dos atuais governantes e legisladores, mas, a tendência é o arrefecimento, pois faltam Lideranças que unifiquem o FOCO.

Desde 1º de Janeiro de 2003 o desgoverno foi tanto que Segurança, Saúde, Educação, Transportes, estão hoje restritos a ações de marketing, devidamente endossadas e manipuladas pelos veículos de comunicação, o que mantêm a maior parte da população entorpecida, além de esconder qualquer notícia que de conta da real situação do país.

O governo federal acusou o golpe das últimas manifestações, principalmente as ligadas a copa do mundo de futebol, e, talvez seja este o caminho a ser trilhado, estendendo a abrangência dos temas conforme o movimento se consolidasse, mas, para que isso aconteça, é necessário que surja UM LÍDER, e que este seja confiável.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

O QUE AS MANIFESTAÇÕES TÊM A VER COM O JULGAMENTO DO MENSALÃO E QUE APAVORA LULA

Que Dilma Vana Rousseff é uma pessoa tosca e totalmente despreparada para o cargo que ocupa o Brasil todo sabe.

Até a mais simplória das criaturas sabe que ela foi posta no mais alto posto da República por lula, e com alguns propósitos muito bem definidos:
1 - Ocupar a cadeira por 4 anos e devolve-la ao seu criador em 2014.
2 - Durante os seus 4 anos de mandato, abafar as fraudes e os roubos perpetrados por ele, e afastar dele quaisquer problemas com a JUSTIÇA, e isso inclue livrar os parceiros de lula, condenados pelo STF da cadeia.

Ocorre que pela extensão das canalhices e pelo pouco preparo da criatura, é muito provável que ela não consiga levar a cabo a missão que lhe foi confiada.

As manifestações contra o seu governo e contra o partido a que ela pertence ganham cada dia mais adeptos, e a multidão indignada está muito próxima do descontrole, e isso levou o seu criador, lula da silva,  a tomar as rédeas da situação, expondo definitivamente a sua insignificância.

Mas, o que as manifestações e a indignação popular têm a ver com o julgamento dos embargos que podem livrar os mensaleiros da cadeia?

Caso o aparelhamento do STF se comprove, e os mensaleiros se livrem de cumprir as penas a que foram condenados, a situação sairá de controle definitivamente, e suas consequências serão imprevisíveis, podendo elevar a escalada de violência a níveis jamais conhecidos pelo Brasileiro.

Mas existe uma outra face nessa moeda: lula é o fiador da liberdade de josé dirceu, josé genoino, joão paulo cunha e mais 10 condenados, que por sua vez, sabem demais sobre a participação dele nos esquemas de roubo que o pt vem implementado desde 1º de Janeiro de 2003, senão antes, e a prisão deles os liberaria do "pacto de silêncio" e isso, certamente, levaria lula e alguns da sua família para a cadeia.

O Supremo Tribunal Federal está pressionado para julgar os Embargos da AP470 e isso tem sido um dos temas dos protestos,; livrar os mensaleiros da cadeia significaria uma escalada de protestos e da violência a limites insuportáveis, prender os mensaleiros significa acabar com a carreira de luis inácio lula da silva, dela, dilma e do pt.

OH DÚVIDA CRUEL!!!!








quinta-feira, 20 de junho de 2013

MANIFESTAÇÕES - UM TIRO NO PÉ OU NA CABEÇA DO PT.

Eu morro e não vejo tudo !!

Todos os noticiários da noite de ontem  e da manhã de hoje abriram enormes espaços para noticiar a redução do preço dos transportes coletivos de São Paulo e Rio de Janeiro.

Tetaram passar a ideia de que, agora, os manifestantes podem guardar suas bandeiras, emudecer seus gritos de guerra, porque os governantes foram vencidos, voltaram atrás e retiraram os R$ 0,20 (vinte centavos) do aumento que haviam concedido, E A NAÇÃO ESTÁ SALVA.

Os meios de comunicação estipularam o preço da honra de um movimento  e da revolta de uma geração em exatos R$ 0,20 (VINTE CENTAVOS DE REAL). 

Como esse povo é SIMPLISTA!!

Vamos  tentar entender o que está ocorrendo: 
  1. Essas manifestações, foram idealizadas pelo PT para ficarem confinadas em São Paulo e atingirem o Governador Geraldo Alckmin.
  2. O idealizador dessa campanha sórdida, provavelmente joão santana, o marketeiro de lula e dilma não queria que o pt aparecesse, e para isso usou os partidos "cloaca" do PT, PSOL, PCO, PSTU e outros.
  3. O movimento saiu de controle e ganhou o Brasil todo, e não só São Paulo, como previsto.
  4. Feito sob medida para atingir o Governo Paulista e a sua Polícia Militar, e ficar restrito ao preço do transporte público, ao alastrar-se suscitou temas que atingem diretamente o Governo Federal, Câmara dos Deputados e Senado e tocam em temas que o lulopetismo tenta esconder, como o roubo do dinheiro público que ocorre desde o primeiro dia do governo lula e que aumenta cada dia que passa, a impunidade que grassa solta para quem os pratica, a submissão do Congresso Nacional aos desmandos autoritários dos presidentes petistas, e aos gastos com a copa do mundo de 2014, enquanto o brasileiro carece de HOSPITAIS, ESCOLAS, SEGURANÇA, DENTRE OUTRAS COISAS.
  5. Ao tentar conter as manifestações em outras regiões, deixou à mostra que outras Polícias Militares, estas, a serviço do PT, além de despreparadas para lidar com conflitos, são muito mais violentas que a Polícia Militar do Estado de São Paulo.
  6. Por mais que a imprensa tentasse focar o aumento do transporte público, outros temas foram contaminando o movimento, sendo que os gastos da copa do mundo é o que mais apavora lula e o seu séquito.

Para piorar um pouco a situação, os movimentos que derivaram de São Paulo são movimentos expontâneos, portanto, com lideranças difusas e temas de protesto não controlados pelo PT.

Esse descontrole da situação fez com que lula convocasse dilma, o marketeiro joão santana, o prefeito haddad, e, dizem por aí, até o mensaleiro condenado josé dirceu, para um "gabinete de crise" que foi montado numa suite do Hotel Sheraton Berrini.

Esse "gabinete de crise" decidiu que para sufocar os "movimentos de turba" que pipocam pelo Brasil todo era preciso controlar São Paulo, e ORDENOU ao governador e ao prefeito de SP e RJ que voltassem atrás com os aumentos concedidos.

Coincidência ou não, os anuncios da capitulação foram feitos no horário do Jornal Nacional, da Rede Globo, a maior favorecida, depois da FIFA, com as astronômicas quantias de DINHEIRO PÚBLICO que estão rolando por conta da copa das confederações e copa do mundo de futebol.

Decidiu também que as manifestações que ocorressem após isso deveriam ter clima festivo, de vitória, como se os problemas brasileiros se resumissem em MÍSEROS VINTE CENTAVOS,  e para isso convocou a militância lulopetista para participar dos eventos posteriores e dar a eles clima de festa.

Se isso vai dar certo ou não os próximos dias é que vão dizer, mas uma coisa ficou clara demais; o PT está caindo de podre, e cabe a nós, sociedade honesta e ordeira, balançar a árvore ... então, AVANTE!!!








quinta-feira, 13 de junho de 2013

A IMPRENSA MENTE E AS REDES SOCIAIS DESMENTEM


Vários mimimis pautaram as redes sociais nestes últimos dias, mas achei dois deles muito interessantes, e que valem a pena serem comentados; então, vamos lá.

O primeiro deles foi a reação de certos comentaristas da imprensa sobre a publicação que Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, fez circular em um jornal de Goiás, defendendo a Sua mulher de uma armação que o governador do Estado, Marconi Perilo, tentou fazer.

Um jornal de São Paulo, não sei se Folha ou Estadão publicou que Cachoeira havia chamado o Governador de Goiás para a briga, no mais puro estilo do finado “Notícias Populares”, e alguns comentaristas dos jornais da TV chegaram a tentar ridicularizar o fato de Carlinhos Cachoeira ter saído em defesa da sua companheira, mas, o fato objetivo é que a atitude dele foi a ÚNICA atitude que um homem pode ter quando alguém ofende a uma pessoa que amamos.

Desacostumados que estão com gestos de hombridade e respeito, alguns “iluminados” da imprensa se espantaram com a coragem dele e tentaram desqualificá-lo, como se ele não tivesse o direito e o dever de proteger a mulher que ele ama por ser um “contraventor”; mas o Governador de Goiás até agora não se manifestou para AFIRMAR que Cachoeira mentiu quando escreveu que sabe dele o bastante para derruba-lo, e que não exitará em faze-lo caso o Palácio dos Buritis persista com essa sujeirada.

Eu sempre escrevi que Carlinhos Cachoeira, o contraventor terrível que a a imprensa tenta pintar, é o menos bandido dessa história toda, e o comportamento desses políticos e da mídia confirma isso, e a cada dia me convence mais.

Outro mimimi que circula nas Redes Sociais é sobre o vandalismo que o PT, PSOL, PSTU, PCO e outras QUADRILHAS estão fazendo na cidade de São Paulo, escudados por um movimento auto-denominado “MOVIMENTO PASSE LIVRE”.


O preço do transporte público na cidade de São Paulo foi aumentado em R$ 0,20 (vinte centavos) no início do mês de junho, sendo que esse aumento deveria ter acontecido em FEVEREIRO, o que não foi feito por burrice do governador que atendeu a um pedido do governo federal.

Pois bem; eu cheguei a advertir ao Geraldo Alckmin no Twitter que ele estava cometendo um erro e esse erro seria usado contra ele, e o resultado está aí.

A baderna se instalou no mais puro estilo de guerrilha, com depredações, interrupções de trânsito, insegurança para a população, e o alvo desses protestos é o GOVERNADOR DO ESTADO, que nada tem a ver com o preço das passagens de ônibus, e, que ao não subir as passagens de trens e metrô na sua data base, prejudicou as finanças de empresas estatais, e, por consequência, ao ESTADO DE SÃO PAULO.

Depois de muito exitar, o Incompetente Secretário de Segurança, Dr. Marco Antônio Grella colocou a tropa da PM para conter onda de violência, e aí entrou em ação outra quadrilha, a QUADRILHA DA IMPRENSA AMESTRADA.

Articulistas, Analistas e Comentaristas da TV procuram deixar a imagem de que o MOVIMENTO PASSE LIVRE é legítimo, e, que ilegítima é a ação da polícia, que, dada a violência desses baderneiros tem sido obrigada a usar de força.

A coisa chegou num ponto, que 2 repórteres da Folha de São Paulo foram surpreendidos quando tentavam esconder alguns líderes do movimento para que estes não fossem presos e acabaram presos junto com eles, gerando uma série de comentários indignados por parte da imprensa, como se a jornalistas fosse facultado cometer crimes.

Até na França, onde estão o Governador e o prefeito de Sampa, meia dúzia, é isso mesmo, SEIS analfabetos protestaram contra o aumento do Transporte Coletivo da cidade de São Paulo, mas, o ESTADÃO, do alto da sua sabujice canalha deu manchete para: ALCKMIN ENFRENTA PROTESTO NA FRANÇA, como se o haddad não fosse responsável pelo aumento dos ÔNIBUS.

A besteira foi feita, e ao governador do Estado mais rico da União restam dois caminhos: um, é antecipar-se a mais uma canalhice que o pt irá fazer-lhe, e reduzir o preço de trens e metrô antes que eles façam com ao ônibus, coisa mais que certa, e se não o fizer AGORA, vai andar a reboque DE NOVO. O outro caminho é “FINCAR O PÉ NO TOCO” como se diz aqui em Sorocaba, e, mesmo que a prefeitura reduza o preço dos ônibus, manter o dos Trens e Metrô em R$ 3,20 e arcar com o discurso canalha que virá em 2014.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

MP DOS PORTOS; UMA RENHIDA BRIGA DO MAL CONTRA O MAL

O contribuinte brasileiro está sendo feito de palhaço novamente.

Lançada com pompa e circunstância, a MP dos Portos, ou dos Porcos, como preferem alguns em nada vai acrescentar ao já saturado modelo logístico Brasileiro, e a dificuldade maior para a sua aprovação, não se deve a nenhuma razão nobre, mas, antes, a uma renhida briga do "MAL CONTRA O MAL.

Essa "briga" envolve a Presidente da  República, o Vice Presidente e parte do seu partido, além de poderosos grupos empresariais que atuam no segmento.

Se aprovada conforme o texto original, a MP 595/2012 irá concentrar ainda mais poder de decisão nas mãos do indeciso e incompetente governo lulo-petista, o que enseja um perigo enorme para o já penalizado contribuinte brasileiro, e, ao mesmo tempo, retira poder de cabeças coroadas do PMDB, que domina a administração dos principais portos brasileiros, sendo que uma dessas cabeças é a do próprio Vice Presidente da Republica, Michel Temer.

O envolvimento do Vice Presidente da República, e presidente de honra do PMDB é que fez com que parte do partido traísse a aliança com o pt, o que dificultou  muito a aprovação da MP. 

No porto de Santos, o Michel Temer indica a Presidência e uma diretoria do seu órgão gestor, a CODESP, e essas indicações lhe renderam um "dossie" com seríssimas acusações por parte de Antônio Carlos Magalhães, ainda no governo FHC, corroboradas pelo então Presidente da CODESP, Marcelo Azeredo, abafadas, porém, jamais desmentidas.

O porto de Salvador é fêudo de Gedel Vieira Lima e seu grupo político, Paranaguá, é de Roberto Requião, Rj (o segundo em importância) é do grupo de Sergio Cabral.

Paralelo a isso, grupos financeiros fortíssimos e com enormes interesses nesses portos ficariam a mercê do governo federal para a continuidade das suas operações.

Um dos que pode ter os seus interesses contrariados é o Banqueiro Oportunnysta, Daniel Dantas, detentor da exploração do maior terminal de Containeres do Porto de Santos.

Como fica claro, essa contenda não tem o menor interesse em empliar e modernizar o modal marítimo nacional, mas, os envolvidos nela têm grandes interesses pessoais; A presidência da república que quer estender o seu poder para todas as áreas produtivas, com o intúito de facilitar a dominação do empresariado, sem no entanto, assumir responsabilidades.

De outro, políticos canalhas, que se locupletam com as negociatas não querem perder suas posições, e ainda, grupos financeiros que dominam os segmentos mais rentáveis dessa modalidade logística, que querem manter suas posições, sem que se vejam obrigados de ampliar investimentos e nem enfrentar a concorrência de quem quer lhes tomar o lugar.

Seja a MP 595/2012 aprovada ou não, o contribuinte pode ir aumentando o seu nariz de palhaço, porque, qualquer que seja o resultado desta queda de braço, quem perde é o Brasil e o Brasileiro, que continuará a contar com uma estrutura portuária arcáica, burocrática e incompetente.