domingo, 29 de setembro de 2013

DESVENDANDO A MALANDRAGEM QUE ESTÁ POR TRAS DO QUEBRA QUEBRA DE SEXTA FEIRA


Desvendando a trapaça do quebra quebra de sexta feira a noite.


Para lidar com o pt e o seu marketing asqueroso é preciso ser paranoico.

Na sexta feira São Paulo viveu uma nova noite de caos, por conta de uma manifestação “contra a corrupção” e esta terminou com um confronto defronte ao Clube Portugues, onde ocorria um evento do pt e com a presença de lula.

Era um evento que pela sua envergadura não justificava a cobertura da imprensa, pois se tratava apenas e tão somente, da apresentação de Alexandre Padilha como candidato ao governo de São Paulo para empresários e dirigentes do pt.

Aí começa a canalhice; 100  “manifestantes” saem do vão livre do MASP, tumultuam o trânsito da maior cidade da América Latina em pleno horário de pico, e, coincidentemente, vão terminar a manifestação defronte ao local onde ocorria o evento, e, mais coincidentemente ainda, entram em confronto com “militantes petistas” que ali estavam para venerar lula.

Pronto! A química funcionou!! O que era para ser um “eventinho”, sem direito a nota no jornal do bairro, virou um “eventão”, com direito a aparições no Jornal da Noite e no Jornal Hoje, da Rede Globo e menções com direito a vídeo em quase todos os jornais e revistas do final de semana.

As narrativas deram destaque para o momento em que o confronto ocorreu; justamente na hora em que lula discursava, e chegaram a temer pela sua segurança.
Também não faltou a imagem da “polícia do Alckmin” espancando um “manifestante pacífico”, do jeito que o pt gosta.

Para o pt, juntar 100/200 ou mil manifestantes é uma questão de minutos, a trama urdida foi tosca demais para ser verdadeira.

Abram os olhos e fiquem atentos; quando Gilberto Carvalho, Ruy Falcão e Dilma Rousseff disseram que iam fazer o diabo para se manterem no poder eles não estavam brincando.



Nenhum comentário:

Postar um comentário