segunda-feira, 30 de setembro de 2013

ALBERTO TORON, LUIS R. BARROSO, QUEM ESTÁ PAGANDO OS ADVOGADOS QUE DEFENDEM CESARE BATTISTI?

O assassino de aluguel alcunhado de ex ativista político, Cesare Battisti, condenado duas vezes a cumprir prisão perpétua na Itália, por ter cometido 4 (quatro) assassinatos, e indevidamente acoitado no Brasil por covardia do STF e canalhice do ex presidente lula, é muito mais bandido do que o governo bolivariano nos quer fazer crer.

Por ter usado documentação falsa para entrar no Brasil, ele ele está sujeito a um novo processo de expulsão, e o seu último recurso, foi negado pelo STJ no dia 27 de Junho passado.
(Notícia de O Globo)

Pesquisando no site do STJ tive a informação de que o Acórdão foi publicado no dia 17 de Setembro, devendo portanto, seguindo o rito dos processos de expulsão, ser enviado ao Ministro da Justiça, que é quem dará a última palavra.

Mas, o que me deixou intrigado foi constatar que o advogado que o está defendendo nesta fase do processo é, simplesmente, Alberto Zacharias Toron, um dos criminalistas mais caros do Brasil, sendo que, o rábula
Luis Eduardo Greehalgh, é apenas o advogado de fachada.
(link p o Acórdão)

Esse bandido foi defendido pelos mais custosos advogados brasileiros, estando entre eles o atual ministro do Supremo Tribunal Federal, Luis Roberto Barroso e Alberto Zacharias Toron, que, segundo consta, não fazem parte do quadro da Assistência Judiciária Gratuita.

Cabe então perguntar, QUEM ESTÁ PAGANDO ESTA CONTA?

A matéria publicada pelo jornal O Globo dá conta de que o assassino e terrorista reside em um apartamento nos Jardins (SP) e ele mesmo comentou que o que arrecada com a venda de seus "livros" quase não chega para o aluguel.

Em que pese eu não ter a menor ideia do tipo de gente que poderia se interessar pelo que esse assassino escreve, duvido que tenha vendagem bastante para sustenta-lo e ainda pagar a esses profissionais, assim como, também duvido que os mesmos o estejam defendendo gratuitamente.

É escandaloso constatar que o nosso Judiciário não se interessa pela origem do dinheiro que paga os advogados, e, segundo consta, alguns desses causídicos cobram quantias fabulosas. Não faz muito tempo noticiou-se que o advogado e ex ministro da justiça Márcio Thomas Bastos cobrou R$ 15 000 000,00 (quinze milhões de Reais) para defender Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso no escândalo da Delta, que abalou os alicerces do Palacio do Planalto, e os honorários de Toron e Barroso não devem andar muito longe disso.

Eu não sei qual é o interesse do governo lulopetista nesse assassino; qual é a misteriosa causa que levou o STF a apequenar-se e transigir de suas atribuições, deixando para lula a decisão, quando na verdade, só cabia a ele, Supremo Tribunal Federal decidir, e nem o que fez com que lula, em mais um ATO de covardia, lhe concedesse asilo político no seu último dia de governo, mas de uma coisa eu tenho certeza: NOS, CONTRIBUINTES BRASILEIROS, ESTAMOS PAGANDO A DEFESA DESSE CANALHA.







Nenhum comentário:

Postar um comentário