quinta-feira, 19 de abril de 2012

LULA E BILL CLINTON - TÃO IGUAIS E TÃO DIFERENTES

A passagem da ex-primeira dama e hoje Secretária de Estado dos Estados Unidos da América, pelo Brasil me fez lembrar de duas pessoas com histórias semelhantes e ao mesmo tempo tão diferentes: o seu marido, Bill Clinton e luis inácio lula da silva, ambos ex-presidentes.

O Democrata Bill Clinton, a exemplo de lula no Brasil, por duas vezes ocupou a presidência americana, e nesses oito anos, entre outras coisas, consertou, na medida do possível, a economia do seu país, então combalida em função de várias guerras em que seu antecessor, George Bush, (pai) envolvera o país.

Como recompensa pela sua real busca pela concordância, ganhou o cobiçado prêmio Nobel da Paz pela façanha de conseguir conciliar inimigos tidos como irreconciliáveis como Egito e Israel e aproximar Yasser Arafat de Menachem Begin.
Deixou a presidência depois de dois mandatos sem que pesasse sobre ele acusação alguma de ter-se apropriado ou feito mau uso do dinheiro público.

Ironicamente, este homem de bem é lembrado na imprensa brasileira, por dois episódios que nada têm a ver com a sua obra como presidente americano, um, quando ainda em campanha, ao ser perguntado se havia fumado maconha na universidade, deu uma resposta no mínimo ridícula: “fumei, mas não traguei”, e pelo seu envolvimento com uma estagiária louca por sexo e fama, que, creio eu, “fumou e tragou”, em alguns “consertos de sexofone” no Salão Oval da Casa Branca.

O seu colega brasileiro, luis inácio lula da silva também ficou oito anos no governo, e nesses anos todos só fez usufruir e dilapidar a economia estruturada, obras e planos que herdou do seu antecessor, FHC, mas, o pela mesquinhes do seu caráter, apropriou-se delas e durante todo o seu governo só fez amaldiçoar a a herança recebida.

Deixou o governo estando o seu partido, seus familiares e ele próprio cercado de denúncias de corrupção e desmandos, isso desde o princípio dele, com episódios como o mensalão, que envolveu o pt e a ele mesmo, o inexplicado pagamento de cinco milhões de reais que uma das empresas de daniel dantas fez ao seu filho, por parte de uma empresa que no seu todo não valia quinhentos reais, e a utilização indevida que a sua mulher e seus familiares fizeram de aviões da FAB e cartões corporativos para custosos tratamentos estéticos e compras, aqui e no exterior… isso para escrever o mínimo.

Como parte de seus planos de poder, esse presidente estimulou dissenções sociais internas, protegeu ou tentou proteger, ditadores sanguinários como muamar kadafi, bashar assad e outros mais, e ainda teve a bárbara cara de pau de julgar-se merecedor de um Nobel da paz.

Pois bem, um presidente com tantos “predicados” é festejado pela imprensa brasileira como o “melhor presidente que o Brasil já teve”.

Realmente … vivemos em um mundo estranho; um mundo em que alguns “baseados fumados nos tempos de universidade, (quem não fumou?) e uns rápidos boquetes na Casa Branca invalidam a obra de um homem, enquanto que, todo um conjunto de crimes absurdos praticados por outro não são suficientes para coloca-lo na cadeia …
Plagiando Raul Seixas … PARA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER !!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário