domingo, 15 de abril de 2012

MICHEL TEMER, QUEM DIRIA, ACABOU NO IRAJÁ !


Por razões pessoais, só o fato de ver esta foto já me enche de tristeza, porém, uma declaração do ex-deputado federal, atual vice-presidente da república, e, sobretudo, professor de Direito Constitucional, Michel Temer, dada a um jornal aqui de Sorocaba, fez com que essa tristeza aumentasse, e chegar quase ao estado de pena.
Ao ser indagado sobre a possibilidade da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado federal, Renato Amary ser barrada pela "Lei da Ficha Limpa" ele declarou " Eu não acredito, pois tratam-se de processos sem consistência"(matéria completa aqui).


Se qualquer dos outros dois que aparecem na foto tivesse feito essa declaração não seria razão de espanto, pois as suas vidas sempre foram pautadas pelo desrespeito às leis, e principalmente à Carta Magna, mas, um professor de Direito Constitucional, não pode jamais, mesmo que em nome de um projeto político, desrespeitar o trabalho do Ministério Público, que ofereceu a denúncia, do Juiz de Primeira Instância que julgou e sentenciou, e do Tribunal Superior que confirmou a sentença.


Como já foi amplamente divulgado, o Sr. Renato Amarry responde a aproximadamente 30 processos, em decorrência de atos praticados nas duas vezes que foi prefeito de Sorocaba, e, dentre eles, dois, por Improbidade Administrativa, já foram julgados e tiveram as suas sentenças confirmadas pelo TJ.


Se isso será fator de exclusão ou não, caberá à Justiça Eleitoral decidir, e, ele, enquanto cidadão, até poderia expressar a sua opinião a respeito, mas jamais o poderia como Vice-Presidente da República.


Com o linguajar  refinado que lhe é peculiar, ao dar semelhante declaração, igualou-se ao fanfarrão e boquirroto lula e ao cínico sarney, e isso, é para mim, mais que causa de tristeza ... é de PENA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário