terça-feira, 21 de janeiro de 2014

PASSE LIVRE, BLACKBLOCS E ROLEZINHO - TUDO A VER ENTRE ELES.

Faz quase um ano, mais precisamente no dia 06 de Fevereiro de 2013 eu publiquei um texto intitulado "OS COM DIREITO E OS COM DEVERES", e nele eu procurei mostrar o que está por trás dos "movimentos sociais" sustentados pelo lulopetismo, e alguns movimentos que ocorreram nos últimos meses mostraram que eu tinha razão.(OS COM DIREITO E OS COM DEVERES)

Num trecho desse texto eu escrevi sobre "OS COM DIREITOS"
"Aos que pertencem a essa classe social é facultado o direito de invadir propriedades urbanas e rurais, paralisar cidades para propagar vícios ou preferencias sexuais, invadir e depredar escolas, consumir drogas em vias públicas, e, desde que não sejam apanhados, assaltar cofres públicos."


Pois bem, em 7 (sete) meses, três movimentos de massa, com claríssimas motivações políticas perturbaram a sociedade brasileira. Pela ordem tivemos o "Movimento Passe Livre", em seguida, os "Black Blocs" e agora vivemos o movimento dos "Rolezinhos".

Sem entrar no mérito das revindicações de cada um desses movimentos, pois, se analisados os resultados chega-se à conclusão que nada foi conseguido, mesmo porque nada foi pedido, fica claro que  não passaram de movimentos orquestrados por facções político/criminosas com um único intuito, desestabilizar adversários políticos levando pânico à população ordeira e trabalhadora.

Em todos esses movimentos não faltou quem criticasse e quem apoiasse, e, há que se anotar que os autores das críticas defendem a liberdade de expressão, desde que esta venha acompanhada da devida responsabilidade, ao contrário dos apoiadores; estes defendem o indefensável numa sociedade organizada: o direito a manifestação sem a observância de regras mínimas de convivência.

Em todos os três movimentos a sociedade produtiva foi a grande prejudicada no seu direito de ir e vir, no seu direito a propriedade, no seu direito à segurança.

Todos esses direitos foram violados por uma turba anônima, e os esforços do Estado para garanti-los foram taxados de repressivos pela imprensa, e por sociólogos de plantão. Isso me remete a um outro trecho do meu texto de 06 de Fevereiro:
"Para orientar essamassa de manobrao lulo-petismo está escorado pordefensores dos direitos humanos, que, na verdade sãotangedores de rebanho, com a função de emprestar legalidade às ilegalidades praticadas pelos COM DIREITO.
Os grupo detangedores de rebanhoé formado por religiosos das mais diversas crenças, tendências e preferencias, (inclusive sexuais) integrantes do judiciário interessados em carreira fácil e sem percalços, grupos de comunicação inescrupulosos ou amedrontados, sindicatos pelegos e outros menos evidentes."
Por três vezes em apenas sete meses o contribuinte/cidadão teve os seus direitos afrontados por turbas, e, por três vezes os "tangedores de rebanho" tentam calar a quem sustenta este país com o seu trabalho e seus impostos, o que nos transformou definitivamente na outra classe social segundo o lulopetismo  bolivariano; a classe dos COM DEVERES e eu fecho este texto com o mesmo fecho do texto de quase um ano atrás:

classe dosCOM DEVERES”, também apelidada deZELITEScabe apenas trabalhar e pagar impostos, trabalhar e pagar impostos, trabalhar e pagar impostos. esqueci alguma prerrogativa dessa classe? Ah!! nas horas vagas, trabalhar mais para pagar mais impostos, porque o movimento dos Rolezinhos nos tirou até mesmo o direito de irmos ao Shopping com a família com segurança.

Também é permitido aos COM DEVERES expressar comentários quanto às atividades dos COM DIREITOS, desde que estes sejam favoráveis. Os comentários desfavoráveis serão severamente censurados".
TRISTE REALIDADE A NOSSA.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário