segunda-feira, 30 de abril de 2012

O CONTRAVENTOR E OS BANDIDOS - UMA HISTÓRIA SEM NEXO !



Leio em blogs e publicações isentas que o governo lulo-petista esta desviando o foco da CPI do Cachoeira para o governador de Goiás, notório desafeto do ex-presidente lula da silva, demóstenes torres e o próprio Carlos Augusto Ramos, o carlinhos cachoeira, retirando o foco da Delta Construções.

Esse é um jogo em que o governo tem muito a ganhar, se der certo, mas também pode perder muito se não der.

O jogo e a corrupção nasceram separados um do outro, e o que os juntou foi o fato de tornar-se proibido.

Aqui no Brasil, o jogo surgiu durante o Império, e foi proibido pela primeira vez em 1917, com a consolidação da República; em 1934, Getúlio Vargas liberou-o novamente, para voltar a ser proibido em 1946, no governo de Eurico Gaspar Dutra

No mundo todo, de maneira legal ou ilegal, o jogo existe, e jogar ou não, é uma opção de cada indivíduo, assim como, corromper-se também o é.

É certo que o dinheiro que o jogo arrecada não fica estanque, e, o que não é usado para corromper aos que são encarregados de combate-lo, é empregado em atividades lícitas, com a finalidade de legalizar essas somas, que se presume, vultuosas, e a entrada desse dinheiro em atividades "lícitas" também depende de acordos com "autoridades", e estas são bem mais custosas que os acordos feitos na fase inicial do processo.

Assim sendo, focar uma CPI em algo criminoso na sua concepção, demonizando a atividade e os que dela participaram, mesmo que marginalmente é de certa forma fácil ao governo e aos seus aliados, e os afasta de uma cena de crime muito mais evidente e aviltante que o jogo: o ROUBO DESCARADO DO DINHEIRO DOS NOSSOS IMPOSTOS ATRAVÉS DE UM ESQUEMA DE ARRECADAÇÃO PERVERSO QUE ENVOLVE DIRETAMENTE O EX-PRESIDENTE LULA, SUA SUCESSORA E QUASE TODOS OS LIGADOS A ESSE GOVERNO.

O Carlinhos Cachoeira nasceu no jogo. Consta que seu pai já se dedicava a ele, e, ao assumir os negócios da família com competência, multiplicou esse resultado, sendo hoje, pelo menos é o que se presume, dono de um império que, vai muito além dele.

Na outra ponta da história desse All Capone tupiniquim encontra-se a Delta Construçoes, uma empresa que há 10 anos tinha um faturamento pífio, limitando sua atividade a reformas prediais, construção civil e em raras ocasiões se aventurando em obras rodoviárias, porém, sempre como contratada, e teve a sua história mudada com a chegada do seu amigo sérgio cabral ao governo do Estado do Rio de Janeiro.

Essa aproximação levou a empresa a vôos maiores, e a sua explosão de faturamento se deu ao contratar um "consultor" de nome josé dirceu de oliveira e silva, ou simplesmente, zé dirceu.

A "competência desse consultor" fez com que uma empresa até então desconhecida se tornasse a maior fornecedora de serviços para o governo federal e suas empresas satélites, tais como Petrobrás e Eletronorte, muito embora esta jamais tivesse atuado nas áreas de petróleo ou energia elétrica.

Milagrosa e Misteriosamente, o relacionamento com governo federal evoluiu de tal forma que a Delta se tornou a maior fornecedora de serviços para as obras do PAC, envolvendo-se de maneira cabal com os governos lulo-petistas.

Muito embora reiteradas denúncias de super faturamentos, obras inacabadas, mal construídas, uso de documentação falsa em concorrências a Delta seguia firme na sua trajetória, escondida atrás do discurso do então presidente da república, que criticava duramente a ingerência do Tribunal de Contas da União nesse tipo de assunto.

E tome mais obras ... com os atrasos nas obras de infra estrutura para a copa de 2014, abocanhou contratos milionários para maquiar o Aeroporto Franco Montoro, ou Cumbica, o maior e mais movimentado terminal aéreo do Brasil ..

Enfim, foi tanto dinheiro que para repassar a parte que cabia à bandidagem lulo-petista, a Delta achou por bem atuar com um operador, e, por suas ligações com políticos e autoridades policiais, carllinhos cachoeira foi o escolhido.

Foi então que ele, que até então, pelo menos ao que consta, jamais havia se metido com drogas e armas, assassinatos e nunca havia tirado um tostão de alguém que não fosse por vontade deste, viu-se às voltas com o lulo-petismo e suas ligações com as FARC, notórios traficantes de drogas e armas, com assassinos de Celso Daniel, Toninho do Pt e sabe-se lá quantos mais, e principalmente com ladrões descarados do dinheiro público, e vai pagar muito caro por isso.

Mas uma coisa me intriga; A pessoa mais interessada na destruição dele, é, sem dúvida alguma, o zé dirceu, pois foi ele quem desmontou um dos planos de arrecadação do pt há anos atrás ao denunciar o waldomiro diniz, fiel escudeiro do chefe do mensalão (segundo a PGR), que atuou como consultor da Delta, e, portanto tinha todos os elementos para tal, ainda não foi devidamente enquadrado.

Nem ele e nem o maior beneficiado por esses esquemas de assalto aos cofres públicos, o luis inacio lula da silva são citados como participantes ou beneficiados, e o grande vilão mais esta história escabrosa que só o lulo-petismo é e foi capaz de produzir, é justamente quem nunca se apropriou de dinheiro público, ao contrário, sempre DEU DINHEIRO A AGENTES PÚBLICOS.

Perto dos políticos ligados ao lulo-petismo, Carlinhos Cachoeira é um HONESTÍSSIMO CONTRAVENTOR, e o seu maior erro foi se meter com bandidos, e por isso, vai ter que pagar muito caro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário