sexta-feira, 11 de maio de 2012

QUAL O DETALHE QUE UNE ESTES CANALHAS?

Add caption


Entre a prisão de Carlinhos Cachoeira e a divulgação de suas ligações com a Delta Construções, que por consequência atingiu a todos os três governo lulo-petistas e de alguns aliados de primeira hora, dada a descoberta da atuação dessa construtora em obras do PAC em praticamente todos os estados brasileiros, um fato curioso me chamou a atenção.


Carlinhos Cachoeira foi preso no dia 29 de Fevereiro, e, no dia 8 de março o advogado e ex-ministro da justiça de 2 governos lula, Márcio Thomas Bastos, furou o bloqueio que a suposta “doença” do lula impunha a visitas, e eles conversaram por um longo tempo a sós.

No dia eu não dei muita atenção a essa notícia, porém, quando este mesmo senhor apareceu como advogado do contraventor preso eu tive certeza de que, “EMBAIXO DESSE ANGÚ TINHA CAROÇO, E MUITO PODRE”.

Eu tive certeza que estava em curso um plano para desviar o foco das investigações que convergiam para a Delta e apontavam para um esquema de corrupção lulo-petista, para centrá-lo no contraventor preso.

Este parágrafo do relatório referente ao julgamento do MENSALÃO, de autoria do Ministro Joaquim Barbosa, muito embora aplicado a uma outra situação, retrata com perfeição o que o lulo-petismo está tentando esconder:
De acordo com a denúncia, a “sofisticada organização criminosa” era “dividida em setores de atuação”, e “se estruturou profissionalmente para a prática de crimes como peculato, lavagem de dinheiro, corrupção ativa, gestão fraudulenta, além das mais diversas formas de fraude”. Os réus são divididos em grupos. O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, Sílvio Pereira e o ex-presidente do PT José Genoino foram o primeiro grupo, que, para garantir o projeto de poder do PT, criou um esquema para comprar “suporte político” de outros partidos e garantir o financiamento de suas campanhas eleitorais.”


E, se prestarem a devida atenção, alguns personagens e situações se repetem, porém, os delitos são os mesmos.

Assim sendo, o márcio thomas bastos é, na verdade, advogado do esquema criminoso e a sua defesa do contraventor tem por objetivo defender lula e sua quadrilha, de acusações como as descritas no relatório de Joaquim Barbosa.




Nenhum comentário:

Postar um comentário