sábado, 2 de junho de 2012

A J&F - JBS FRIBOI DESISTE DO QUE NUNCA PRETENDEU - COMPRAR A DELTA ... AGORA A CORRERIA.


A anunciada desistência da compra da Delta Construções pela "holding" J&F, dona do mega-frigorífico JBS FRIBOI que é hoje capitaneada pelo ex-presidente do Banco Central, Henrique Meireles não me causou nenhuma surpresa, e também não deve ter causado aos que conhecem um pouco só como funciona o mercado.

A J&F é uma SA aberta, portanto, com ações na bolsa de valores, estando por isso sujeita à fiscalização da CVM, (Comissão de Valores Mobiliários), e esta aquisição, não resistiria a uma análise por parte da CVM, que seria obrigada a vetá-la pela potencialidade de causar prejuízo aos acionistas.

Ainda falando de fatores impeditivos, ao contrário do que o governo tentou fazer crer, o fato de o BNDES participar da sociedade com mais de 30%, não permitiria essa operação, pois o BNDES utiliza dinheiro público, o que o impede de negociar com empresas sob suspeição, que é o caso da Delta, e a J&F, ao compra-la, juridicamente, seria arrastada para a mesma situação.

A intenção do governo lulo-petista, obviamente, era ganhar tempo e esperar para ver se o bloco de apoio às tramoias governamentais na CPMI conseguiria frear a quebra dos sigilos da Delta Nacional, sem que para isso tivesse que desnudar o perigo que isso representa ao lulo-petismo recorrendo ao STF.

Pois bem, aprovada a quebra do sigilo da Delta nacional não existe motivo para que a farsa continue, e o óbvio se deu: a J&F anunciou que estava pulando fora da barca furada e a Delta mostrou mais um pouco do perigo que a sua contabilidade, movimentação bancária e ligações telefônicas representam aos governos lula e dilma, recorrendo ao STF contra essa ação da CPMI.

Quando Aníbal atravessou o Rubicão para conquistar Roma disse: " ALEA JACTA EST", A sorte está lançada,e a quebra dos sigilos da Delta é o Rubicão do Brasil, que tem aí a oportunidade de ver-se livre da CORRUPÇÃO LULO-PETISTA, e de quebra colocar na cadeia algumas figuras insignes deste e do governo passado.

Vale a pena frisar que esta operação desastrada em que a J&F se meteu para tentar salvar o governo federal de ser associado aos crimes da Delta expôs a sua proximidade quase promíscua com o palácio do Planalto e com o próprio lula, e, se devidamente investigada, não tenho dúvida alguma que descobriremos mais alguns casos de corrupção por parte destes governos, seguramente mais escabrosos que o mensalão e a Delta juntos.
Texto: Jorge Temer

Nenhum comentário:

Postar um comentário