segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

A CRIAÇÃO DO BRASIL SEGUNDO LULA DA SILVA - A SAGA DO SASSÁ MUTEMA DE GARANHUNS

“No principio era o caos, e o espirito do lula pairava sobre a face do abismo”
(lulagênese 1.1)
Primeiro dia de Janeiro de 2003, um dia para ficar na memoria do Brasil e do brasileiro. Afinal, foi nesse dia que o Brasil foi criado.
Foi nesse dia que lula tomou posse como presidente da republica. O pt, finalmente chegava ao poder.
O “criador” estava inquieto. Queria criar a formula de combater a fome, pois o demônio que a havia criado, o FHC, fugira, deixando-o com o pepino na mão, então, como primeira medida criou o “Fome Zero”.
Para dar maior impacto à sua primeira criação, lotou aviões com hordas de anjos puxa-sacos e os levou conhecer Atalaia, cidade nordestina com o mais baixo IDH do país, e lá, declarou solenemente: “faça-se a comida”, mas a comida não se fez, e Atalaia continua lá, com a sua fome e com o seu IDH estacionado nas condições de sempre, mas, com o orgulho de ter um dia conhecido o criador do Brasil.
Dizem que, até hoje, um homem, munido de uma lanterna está a procura da tal invenção ... se seu nome é Archimedes eu não sei.
Como o seu demoníaco antecessor havia deixado como herança um punhado de anjos maus, dotados de praticas execráveis como a honestidade, e era preciso trazer o apoio de alguns deles, ele criou o “mensalão”. Esse milagre fez com que demônios menos afeitos ao vicio da honestidade fossem transformados em neo-anjos.
Essa criação rendeu-lhe apoios, alegrias e muitas dores de cabeça. Por conta dela, conseguiu as bênçãos necessárias para aprovar, dentre outras criações suas, a reforma previdenciária de araque, tão cantada em prosa e verso, mas, também perdeu o seu principal arcanjo, o anjo josé dirceu.
Os diabinhos aliados do demônio maior, FHC, descobriram a sua criação,, e, foram em vão as tentativas para aplacar a sua ira, então, num gesto magnânimo, ofereceu a cabeça do arcanjo dirceu em sacrifício. Para o lugar do anjo sacrificado, o criador trouxe uma anja disléxica, mas disso trataremos depois.
Como a fome dos anjos aliados crescia todo dia, e uma parte importante do suprimento financeiro havia sido cortada com a descoberta do mensalão, (tinha me esquecido de contar que os neo-anjos se alimentam de dinheiro) o criador criou outra. Mobilizou seu anjo lobista, o arcanjo palocci e criou o “lobbysmo federativo”.
Essa criação rendeu bastante. Suas instalações, em um paraíso discreto, às margens do lago sul, serviam para atividades que iam desde a reprodução financeira até a descoberta do sexo dos anjos. Durante um bom tempo ela cumpriu bem as funções, mas, como nada é perfeito, um diabinho insignificante, de nome Francenildo, denunciou tudo aos demônios aliados de FHC, e foram em vão as tentativas feitas para aplacar a sanha que os movia. Até exorcismo de conta bancaria foi tentado, mas nada demovia o diabinho dos seus propósitos, e assim, como ultima medida, o “criador” ofereceu a cabeça do arcanjo palocci em sacrifício.
Esses acontecimentos tiveram o condão de acordar o pior dos inimigos do “criador”, a opinião publica. Para adormecê-la novamente lançou mão das criações do demônio FHC, e, num gesto de desespero, pegou o Bolsa Escola, Vale Gás, Bolsa Alimentação, corrigiu seus valores, juntou num pacote só e criou o “bolsa família”. A “criação” surtiu efeito imediato. A opinião publica adormeceu ao som de cânticos e loas ao “criador”.
Agora, era hora de travar contato com outros deuses, e, para tanto, foi aconselhar-se com o decano de todos os deuses, o deus fidel. Dizem que esse deus é tão velho que já morreu há décadas, mas insiste em se manter andando. Este, o aconselhou a se aproximar primeiro de deuses do Olimpo Sul, e assim foi feito.
Para efetuar a aproximação, deus lula encarregou dois dos seus anjos mais capazes; o arcanjo marco aurelio garcia, muito conhecido por ser o protetor dos tártaros dentários e o anjo celso amorim, que, por sua estatura física e moral além de sua mania de grandeza, também era conhecido por megalonanico.
A experiência desses dois conselheiros foram de grande valia para ganhar a amizade de deuses como evo morales, o deus da cocaína, o deus hugo chaves, deus do bolivarismo e protetor das farc, deus salvador correa, deus equatorial, também protetor das farc.
É certo que, para se ganhar amizades dessa importância, sacrifícios tinham que ser feitos, assim deus lula entregou ao deus da coca duas refinarias da Petrobrás, mais as instalações por menos de 5% de seu valor, ao deus do bolivarismo deu sociedade em uma refinaria dessa mesma Petrobrás, em Pernambuco, sem que para isso, esse deus precisasse colocar um tostão, o deus correa foi agraciado com um calote de alguns bilhões de dólares em empreiteiras brasileiras que acabou sendo pago pelo BNDS..
Mas tudo isso valeu a pena. A custa dessas oferendas ele conseguiu reativar uma antiga associação de deuses que andava meio esquecida. Formado pelo morto vivo fidel, juntamente com os deuses morales, chaves, correa, e o protegido deles, as farc, o Foro de São Paulo foi reativado.
Missão cumprida, e eis que o nosso irrequieto deus, queria mais. Disfarçado de mascate, bandeou-se para o Olimpo norte com a missão de vender coisas produzidas no país que havia criado. Como primeiro produto, elegeu o etanol, e aí ele “criou” mais uma coisa; “o comercio internacional reverso”. Tanto etanol ele “vendeu”, que hoje, para suprir as nossas necessidades, importamos etanol do Olimpo norte.
Saindo do Olimpo norte, voou para o Olimpo oriental e sua finalidade era vender produtos brasileiros aos mais de um bilhão de habitantes chineses. A coisa deu tão certo, que os deuses chineses inundaram o mercado brasileiro de produtos “made in china”. Primeiro foram quinquilharias, depois produtos de alta tecnologia.
Pela astucia demonstrada, somente nos “milagres” acima citados, ele já mereceria o Nobel de Comercio Internacional, mas ele queria mais.
Sempre aconselhado pelos seus fieis arcanjos, o protetor do tártaro e o megalonanico, aproximou-se dos deuses que melhor se identificavam com as suas aspirações de liberdade, bem estar popular e aceitação democrática. Os eleitos nessa nova empreitada foram os deuses líbios, iranianos e sírios. Todos eles, como é sabido, amantíssimos da paz e adorados pelo seu povo.
Ah !! mas como é bom ter um deus só nosso! A patuleia já estava ficando com saudade do deus lula, tamanha era a sua ausência do país, porem, em uma de suas passadas rápidas por aqui, anunciou com grande pompa e circunstancia a “criação de mais um milagre”. Estava criada a “nova classe media”. Ela agora se dividiria em classe media c – d – e – f – g - h –i – j, e somente não criou mais classes medias porque o seu conhecimento do alfabeto só chegava até aí. Tivesse ele ficado alguns anos mais na escola, e sua criação abrangeria todo o alfabeto, mas, como a sua mãe nasceu analfabeta, isso era irrelevante.
Foram tantos os “milagres’ por ele realizados, que a memoria falha ao enumera-los. Porém, vale a pena citar dentre outros, a criação, em Pernambuco, seu estado natal de uma fabrica de navios que não navegam, o PAC – Programa de Aceleração da Cleptomania, e um “milagre milagrudo”, parrudo mesmo, o “minha casa, minha vida” que conseguiu transformar a promessa de construção de um milhão de casas em pouco mais de sessenta mil entregues, e não se fala mais nisso.
Vocês, por certo, devem estar imaginando que a vida de um deus é glamorosa, cheia de viagens emocionantes, homéricos porres de néctar 51 ... e é mesmo. A única coisa que incomoda é o curto tempo de duração do “deusado”. Oito anos são insuficientes para a realização de todos os milagres pretendidos, e, eis que é chegada a hora de preparar a chegada do deus que vai sucedê-lo. E, no seu caso, não seria uma tarefa das mais fáceis. Para essa empreitada ele teria que contar com toda a ajuda confiável disponível, mas isso é o que não faltava.
Dispunha de alguns semi-deuses poderosíssimos como o semi-deus josé sarney, que já havia sido deus por um período de 5 anos, e ao invés de perder sus poderes com o final do deusado, os aumentou tanto que era mais forte que o próprio deus lula, e alguns anjos de grande expressão, como o arcanjo michel temer, protetor dos narigudos enviagrados.
Ao primeiro ofereceu o cargo de condestável no futuro deusado, enquanto que, ao segundo ofereceu o cargo de vice-deus, que tinha atribuições vitais para o desempenho do futuro deusado, tanto que este acumularia ainda o pomposo cargo de vice-treco-de-sub-coisa, cargo tão importante, que suas funções não são descritas, e são mantidas em um sigilo tão grande, que ninguém tem ideia da sua serventia.
Assim municiado, o nosso deus convocou a anja disléxica que havia substituído o arcanjo dirceu.e bradou: faça-se uma deusa, e, a anja disléxica, continuou disléxica, mas, fez-se deusa, e assim, dali para frente seriamos governados por uma deusa disléxica.
Mesmo para um deus com os poderes do deus lula, auxiliado por semi-deuses poderosos e arcanjos fidelíssimos, fazer daquele poste uma deusa não era uma tarefa fácil, portanto, deus lula abriu sua mala de milagres e os distribuiu fartamente.
Inaugurou milagres inacabados, ainda nem iniciados, fez festas de arromba para inaugurar maquetes e projetos de milagres, apropriou-se de milagres do demônio FH, uma farra!. Conta-se que, um dos navios fabricados pelo estaleiro de navios que não navegam foi colocado n´água para a sua inauguração solene, e que, após a cerimonia de lambeção do casco, (afinal, um champanhe dessa categoria não poderia ser desperdiçado), os operários exaustos tiveram que recoloca-lo no berço, onde permanece até hoje.
Mas o que importava é que havia feito de um poste disléxico a nova deusa de todos os brasileiros, e ele, como um bom ex deus vaga pelo mundo contando a quem paga o seu preço, os milagres que realizou na sua luta ciclópica contra o demônio FHC.
Dizem que esta nos seus planos voltar a ser deus novamente em um futuro próximo, porém, caso isso não seja possível, como um ex deus modesto que é, aceita ser aclamado papa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário